Tamanho do texto

Clube divulga nota em seu site sobre a confusão que aconteceu antes da apresentação da terceira camisa

Conselheiros do Flamengo brigam no clube
Alexandre Vidal/Fla Imagem
Conselheiros do Flamengo brigam no clube
A diretoria do Flamengo não deve tomar qualquer providência sobre a agressão de José Carlos Peruano a Arthur Muhlenberg, ambos conselheiros do clube. O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira, antes do lançamento da terceira camisa na sede social, na Gávea. No início da noite, uma nota de repúdio foi divulgada no site oficial, sem previsão de punição ao agressor.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e coloque o time em 1º no ranking

A nota simplesmente lamenta o fato ocorrido, informando que a diretoria repudia qualquer tipo de violência. Segundo o estatuto do Flamengo, disponível no site oficial, José Carlos Peruano, que também é chefe de uma torcida organizada, poderia ser punido até mesmo com a exclusão do quadro social.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

“O Clube de Regatas do Flamengo vem a público informar que repudia qualquer tipo de violência, lamentando o episódio ocorrido na manhã desta segunda-feira na sede da Gávea. A diretoria reafirma o seu compromisso com a ética e os bons costumes, afirmando que este tipo de conduta não representa, sob nenhum aspecto, o sentimento da mesma por seus sócios, conselheiros e torcedores”, diz a íntegra da nota oficial.

Peruano tem livre trânsito no clube e já esteve, inclusive, no centro de treinamento, onde apenas membros do departamento de futebol e do Conselho Diretor podem entrar, enquanto os jogadores trabalhavam no campo. Na apresentação de Ronaldinho Gaúcho, ele ficou ao lado do craque no palanque montado na Gávea.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.