Fla perde jogo para o Ceará, invencibilidade e paz com a torcida

Time sofre revés por 2 a 1 e precisa correr atrás do resultado em Fortaleza para seguir na Copa do Brasil

Thales Soares, iG Rio de Janeiro | 05/05/2011 23:48 - Atualizada em 06/05/2011 07:56

Compartilhar:

A onda de resultados inesperados que assolou os brasileiros na Copa Libertadores chegou ao Flamengo. No jogo seguinte à conquista do título carioca invicto, o time foi derrotado por 2 a 1 para o Ceará no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, viu sua situação ficar além de complicada para volta, quarta-feira, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e ainda perdeu sua invencibilidade de 25 jogos na temporada.

Só uma vitória por dois gols de diferença ou por um, desde que marque três, livra o time do técnico Vanderlei Luxemburgo, chamado de burro pela torcida, da eliminação em seu primeiro confronto contra um adversário de Série A do Campeonato Brasileiro na competição. Se o Flamengo vencer por 2 a 1, a decisão da vaga será na disputa por pênaltis.

Assista aos gols da partida no Engenhão pela Copa do Brasil



O jogo
Apesar de a diretoria ter fechado um setor do Engenhão, a torcida fez questão de comparecer no primeiro jogo depois da conquista do Campeonato Carioca, de forma invicta. Empolgada, ela começou apoiando e viu Ronaldinho Gaúcho cobrar falta para boa defesa de Fernando Henrique, logo aos nove minutos.

A resposta do Ceará foi um sinal de que a noite prometia ser complicada para o Flamengo. Aos 12 minutos, o atacante Marcelo Nicácio cobrou falta de longa distância e acertou a trave direita, com o goleiro Felipe batido na jogada.

O jogo seguia equilibrado, com o Ceará apostando na experiência da sua dupla de ataque para aproveitar bem os bons momentos do time no jogo. O Flamengo continuou tentando pressionar. Aos 17, Ronaldinho cabeceou com perigo. Vicente, de longe, obrigou Felipe a fazer defesa difícil.

Na melhor jogada do Flamengo no primeiro tempo, depois de a bola passar por Bottinelli e Deivid, Rafael Galhardo chutou de perna esquerda, mas Fernando Henrique evitou o gol. No rebote, a defesa do Ceará conseguiu afastar o perigo.

Veja os melhores lances de Flamengo 1 x 2 Ceará

A disputa no meio-campo passou a ser intensa e as chances sumiram. Até que, aos 43 minutos, Marcelo Nicácio teve mais uma cobrança de falta e, desta vez, não desperdiçou, contando com a colaboração do goleiro Felipe, que tentou se antecipar e viu a bola entrar em seu canto. O Ceará foi para o vestiário com a vantagem no placar e o Flamengo com as vaias da torcida.

Os jogadores voltaram dispostos a mudar o ritmo do jogo. Numa pressão intensa nos primeiros 10 minutos, o Flamengo criou algumas chances de gol. Logo aos dois, Thiago Neves acertou o travessão. Com cabeçadas de Deivid e Ronaldo Angelim, o time quase abriu o placar. Depois, Thiago Neves fez uma jogada de raça, mas parou em Fernando Henrique.

Aos poucos, o Ceará controlou o jogo novamente e a torcida começou a vaiar Ronaldinho Gaúcho. Piorou ainda mais quando Geraldo entrou livre na área do Flamengo e aumentou a vantagem do visitante, aos 21 minutos do segundo tempo. A torcida aumentou as vaias e o técnico Vanderlei Luxemburgo foi chamado de burro ao colocar Fierro em campo no lugar de Rodrigo Alvim.

Depois, Wanderley entrou no lugar de Deivid. O atacante, rapidamente, deu a resposta. O chileno Fierro cruzou da direita e ele empurrou para o fundo da rede, dando nova esperança para os torcedores. Mas a pressão final não adiantou e o Ceará saiu de campo com a vitória e a vaga nas semifinais da Copa do Brasil bem encaminhada.

Foto: Milton Trajano

O goleiro Fernando Henrique, agora com sotaque cearense, acabou com a festa do Fla, de Luxemburgo

FICHA TÉCNICA – FLAMENGO 1 x 2 CEARÁ

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: 5 de maio de 2011, quinta-feira
Horário: 21h50
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Kleber Lucio Gil (SC)
Público: 14.711 pagantes
Renda: R$ 306.530,00
Cartões amarelos: Bottinelli, Willians (Flamengo), Geraldo, Fernando Henrique (Ceará)

GOLS
Flamengo: Wanderley, aos 30 minutos do segundo tempo
Ceará: Marcelo Nicácio, aos 43 minutos do primeiro tempo. Geraldo, aos 21 do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe, Rafael Galhardo (Diego Maurício), Welinton, Ronaldo Angelim e Rodrigo Alvim (Fierro); Willians, Renato, Bottinelli e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid (Wanderley). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CEARÁ: Fernando Henrique, Boiadeiro, Fabrício, Erivélton e Vicente; Eusébio, João Marcos, Thiago Humberto (Murilo) e Geraldo; Iarley (Ozvaldo) e Marcelo Nicácio (Washington). Técnico: Vágner Mancini

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo