Tamanho do texto

Lateral conta que pretendia apenas cruzar para o meia, e quique da bola traiu o goleiro do Aurora

O lance do primeiro gol vascaíno na derrota de 3 a 1 para o Aurora pela Sul-Americana nasceu de um lance de sorte. Quem afirmou foi o autor do lançamento, Fágner . O lateral-direito cruzou para Bernardo , quer contou com a falha do goleiro Lanz e empurrou para o funde da rede, sem marcação.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

Fágner lançou ainda do seu campo, a uma distância de 50 metros do companheiro. O quique da bola na entrada da área enganou o goleiro do Aurora. Apesar de estar atravessando grande fase no Vasco , o lateral foi humilde, admitindo que contou com a sorte.

"Eu tentei o lançamento para o Bernardo, a gente meio que se falou no olhar e busquei ele lá na frente. Ninguém esperava, a bola traiu o goleiro e o Bernardo, esperto, fez o gol. O que vale é o gol nessas horas. Mas foi o fator sorte que nos ajudou", contou o lateral.

O meia Bernardo conta ter ficado surpreso com a jogada inusitada. "Quando eu vi, a bola estava ali e eu só tive o trabalho de empurrar", disse, aos risos, o meia, que chegou ao 14º gol na temporada, igualando-se a Diego Souza na artilharia do time na temporada.

Entre para a Torcida Virtual e comente a atuação do Vasco na Bolívia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.