Tamanho do texto

Os ingleses já são os donos da ponta do grupo na Liga dos Campeões com sete pontos, um a mais que os franceses

Depois de começar a temporada de forma irregular, com uma vitória e um empate em cinco jogos, o Arsenal parece finalmente ter entrado nos trilhos. Já são oito triunfos em nove duelos recentes - o último deles uma sonora goleada por 5 a 3 sobre o rival Chelsea . Embalado pelo resultado, os ingleses encaram o Olympique Marseille nesta terça-feira, no Emirates Stadium em Londres para disparar na liderança do Grupo F da Liga dos Campeões .

Veja a tabela completa da Liga dos Campeões

Os ingleses já são os donos da ponta com sete pontos, um a mais justamente que os franceses. Uma nova vitória deixará a equipe bastante encaminhada para a classicação às oitavas de final do torneio. Mas o Arsenal sabe que encontrará um adversário difícil.

Apesar de capengar no Campeonato Francês, o Olympique Marseille promete causar problemas ao Arsenal caso a partida desta terça-feira se desenhe de forma semelhante ao duelo do dia 19. Na ocasião, os ingleses venceram por 1 a 0, com gol de Ramsey já nos acréscimos do jogo.

Leia também: Arsenal vai para Liga dos Campeões embalado por goleada sobre Chelsea

"Aquele foi um gol importante para nós porque nos colocou na liderança do grupo. Criamos muitas oportunidades, mas tivemos dificuldades para fazer o gol. Foi uma vitória enorme apesar do placar magro", definiu Ramsey, que tem recebido o carinho da torcida, mas descarta ser o substituto de Cesc Fabregas, vendido ao Barcelona. "Cesc era um jogador diferente. Foi de muita importância para o clube e eu espero contribuir da mesma forma, mas com o meu próprio estilo", completou.

Do lado do Marseille, o discurso é respeitoso. Os franceses apontam o bom momento do Arsenal e também relembram do duelo passado para evidenciar as dificuldades da partida. Mas, ao mesmo tempo, entendem que, da mesma forma que os ingleses conseguiram a vitória em Marselha, eles também podem somar três pontos em Londres.

"É com certeza uma bela equipe, mas não é imbatível. Mesmo em Londres podemos e devemos conseguir a vitória", declarou o técnico Didier Deschamps

No outro confronto pelo Grupo F o Borussia Dortmund recebe o Olympiacos tentando somar sua primeira vitória na competição. O atual campeão alemão tem apenas um ponto em três jogos, conquistado justamento no duelo com o líder Arsenal. No primeiro encontro entre os clubes, os grecos venceram por 3 a 1.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.