Tamanho do texto

As duas equipes vêm de maus resultados e precisam da vitória para se aproximar dos primeiros lugares na tabela

A partida entre Bahia e Figueirense , as 18h30 (de Brasília) deste domingo, em Pituaçu, é ainda pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas terá ares de decisão, principalmente para o Tricolor. Há seis jogos sem vencer e com apenas 12 pontos, o clube baiano entrou em crise desde a última quinta-feira, quando a equipe cedeu o empate para o Vasco já aos 49 minutos da etapa final. O presidente, Marcelo Guimarães, irritado, criticou os jogadores e o técnico René Simões.

"Não dá para ser pressionado assim durante todo o jogo! Nosso plantel é bom, digam o que quiser. Pior do que ceder o empate é jogar recuado e tomando sufoco o jogo inteiro. E Ricardinho no banco é brincadeira", escreveu o mandatário em seu Twitter . "E domingo só tem um resultado: vencer", completou.

Para acabar com o jejum de vitórias e agradar ao 'chefe', René Simões terá reforços. O volante Fahel e o atacante Jóbson retornam de suspensão, e o meia Carlos Alberto , que não enfrentou o Vasco por questões contratuais, volta a ficar à disposição. Outro que pode reaparecer na equipe é Diones , que se recupera de contusão no cotovelo e já treina com o grupo desde quarta-feira. Por outro lado, o lateral Jancarlos , com lesão na coxa, e Lulinha , suspenso, são os desfalques.

No Figueirense, a situação também não é confortável. Após a derrota em casa para o Palmeiras , o time estacionou nos 16 pontos e já vê a parte de cima da tabela ficar mais distante. E os jogadores querem aproveitar o duelo com o Bahia para voltar a somar pontos e também para acabar com um incômodo tabu: o Alvinegro ainda não venceu como visitante.

"Uma hora ela (vitória) vai acontecer. Mas temos que ter cuidado com o Bahia, que quase venceu o Vasco em São Januário", declarou o goleiro Wilson. "Eles estão pressionados, a torcida pode pegar no pé, então temos que aproveitar o fator psicológico", completou.

Jorginho não estará no banco de reservas. O treinador foi expulso diante do Palmeiras e, por isso, cumpre suspensão no domingo. Por outro lado, a equipe deve receber reforços para o setor ofensivo. Júlio Cesar, contratado recentemente, Leandro Chaves e Lenny , que estavam no departamento médico, participaram de jogo-treino na quinta-feira e mostraram que estão aptos para jogar. O trio, no entanto, não tem escalação assegurada e Jorginho deve definir a equipe minutos antes da partida.

FICHA TÉCNICA
BAHIA X FIGUEIRENSE

Local: Estádio Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 31 de julho de 2011, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: João Bourgalber Nobre Chaves e Herman Brumel Vani (ambos de SP)

BAHIA: Marcelo Lomba; Marcos, Titi, Paulo Miranda e Ávine; Marcone, Fahel, Hélder e Carlos Alberto; Jobson e Souza
Técnico: René Simões

FIGUEIRENSE : Wilson; Pablo, João Paulo, Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio, Maicon e Fernandes; Heber e Aloísio
Técnico: Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.