Tamanho do texto

Diferentemente do início do ano, quando perdeu titulares, agora o clube vai emprestar jogadores reservas

O Atlético-MG vai passar por uma nova reformulação nos próximos dias. Mais discreta do que aquela que o time passou durante o Campeonato Mineiro. Agora devem sair do elenco os jogadores que não fazem parte dos planos do técnico Dorival Júnior para o Campeonato Brasileiro. O atacante Ricardo Bueno , por exemplo, está à disposição dos clubes interessados. Além de saídas, reforços também vão chegar à Cidade do Galo.

Atualmente o Atlético-MG tem 36 jogadores no elenco profissional. Sendo que o clube pretende trazer pelo menos mais três reforços para o Campeonato Brasileiro, algo em torno de nove jogadores devem ser dispensados ou emprestados. Ricardo Bueno tem proposta do Atlético-PR, mas não tem interesse de trocar de clube. Outro que está perto de sair é o atacante Jheimy , que não teve nenhuma chance na temporada.

Contratações

Um lateral-direito, um meia e um atacante. São os três alvos do Atlético-MG para completar o elenco. Das três posições, apenas no ataque o clube tem definido o nome do seu reforço. O atacante Keirrison , que está no Santos mas pertence ao Barcelona, deve chegar a Belo Horizonte assim que ficar sem contrato com o clube paulista, no próximo mês.

Sobre o meia, o iG apurou que o Atlético-MG tem negociado com jogadores que estão fora do Brasil. O clube, no entanto, não revela nomes e nem sequer a nacionalidade dos jogadores pretendidos. Assim como ocorreu em 2010, quando a CBF antecipou a janela de transferências internacionais, o Atlético-MG tem esperança que se repita. Caso contrário, o “camisa 10” pedido por Dorival Júnior vai poder estrear somente na 16ª rodada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.