Tamanho do texto

Coração do jogador ficou um longo período sem funcionar e só voltou a bater após ser submetido a 15 choques

O jogador Fabrice Muamba tem mostrado sinais de melhora em seu estado de saúde, após ter sofrido um mal súbito durante partida da Copa da Inglaterra no último sábado . O volante do Bolton já está respirando sem a ajuda de aparelhos e conversando com familiares . Jonathan Tobin, médico do clube, considera que o atleta renasceu. Nesta quarta-feira, inclusive, ele foi visitado pelo ex-colega Thierry Henry .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

De acordo com Tobin, os médicos tentaram reanimar Muamba por 48 minutos antes de chegarem ao hospital e não tiveram sucesso. Depois disso, demorou ainda mais 30 minutos para que o coração voltasse a bater, após ter recebido 15 choques. “Na verdade, ele estava morto naquele momento”, disse Tobin.

8 MIL KM: No futebol dos EUA, Henry viaja até Londres para visitar Muamba

Leia também:  Caso Muamba abre debate sobre controle médico no futebol inglês

O longo período sem funcionamento do coração aumentou bastante os riscos de Muamba sofrer sérios danos cerebrais, mesmo que conseguisse sobreviver. Apesar de o jogador permanecer na unidade de tratamento intensivo, este cenário foi aparentemente evitado.

Veja ainda:  Brasileiro Sandro relata desespero no atendimento a Muamba

De acordo com o cardiologista Andrew Deaner, torcedor do Tottenham que estava assistindo ao jogo e entrou em campo para socorrer Muamba, a recuperação pode ser classificada como milagrosa. Ele esteve no hospital para visitar o jogador do Bolton e disse ter se emocionado com uma demonstração de humor do atleta.

E mais:  Reclamação de Mourinho pode ter salvado a vida de Muamba

“Cochichei no ouvido dele e perguntei seu nome. Ele me respondeu. Depois, disse que o via como um jogador muito bom, e ele respondeu: ‘Eu tento’”, contou Deaner. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.