Tamanho do texto

Novo zagueiro do São Paulo diz que teve proposta de outros grandes paulistas, mas ponderou a melhor alternativa

Nas primeiras semanas de dezembro, Edson Silva estava tão próximo do Palmeiras que já falava em reeditar a parceria com o lateral esquerdo Juninho , que também saía do Figueirense. Dias depois, porém, o zagueiro foi anunciado pelo São Paulo . A proposta do tricolor paulista fez ele e seu empresário repensarem a ida para o alviverde.

Leia também: Zagueiro do São Paulo troca nome "meigo", mas descarta ser xerife

"Antes do fim do Brasileiro, o meu empresário me ligou falando que tinha proposta boa também de Santos , Corinthians . Estava tudo bem encaminhado com o Palmeiras quando apareceu o São Paulo. Aí pensamos: 'opa, vamos ver bem para não darmos um chute errado'. E optamos pelo São Paulo", contou o defensor.

Ao enaltecer a equipe pela qual atuará a partir de 2012, Edson Silva prefere não afirmar categoricamente até a grandeza do Botafogo, única equipe campeã brasileira que defendeu na carreira, em 2008. "Minha passagem pelo Botafogo foi boa para pegar experiência em time grande, entre aspas. Disputei a Série A", comentou.

E ainda: São Paulo considera Roger Guerreiro contratação digna de demissão

Em relação ao Palmeiras, o atleta de 25 anos não tem dúvidas de que sua opção foi correta, mas tenta ter cuidado. "Fiz a escolha certa com meu empresário e minha família. Não desrespeito nem descarto o Palmeiras, mas em algum ponto eu teria que escolher", argumentou, ciente, contudo, de que não pode fechar portas.

"Quando se faz um ótimo ano como eu no Figueirense, automaticamente aparece um monte de proposta. Analisei um monte de coisa para saber qual a melhor. Espero que um dia, quando eu sair do São Paulo, apareçam propostas das mesmas equipes e eu possa ir para lá", afirmou o jogador, vinculado ao Tricolor por quatro temporadas.

Além de Botafogo e Figueirense, Edson Silva já passou por Palmares-PE, Corinthians-AL, CRB-AL, Fortaleza, Boavista-RJ e Duque de Caxias-RJ. Neste momento, quer ser nome fixo entre os grandes do Brasil. "Rodei por vários times pequenos depois. Agora quero jogar aqui e me manter em um patamar de time grande, de alto nível", projetou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.