Tamanho do texto

Enquanto Wallyson e Thiago Ribeiro estiveram contundidos, time mineiro não mostrou mesmo rendimento

Para o clássico decisivo contra o Atlético-MG , no próximo domingo, o Cruzeiro entrará em campo novamente com sua dupla de ataque titular, formada por Thiago Ribeiro e Wallyson . Os dois jogadores passaram por lesões logo no início do mata-mata no Mineiro e na Libertadores, o que causou uma queda no rendimento da equipe, como confirma o técnico Cuca. Mas, no domingo, os velocistas estão de volta.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Durante toda a temporada de 2011, o Cruzeiro mostrou-se um time de características ofensivas e com muita velocidade com Thiago Ribeiro e Wallyson na frente. Cada um já marcou 12 vezes no ano e Thiago RIbeiro é o artilheiro do time no Estadual com oito gols. “Nós tivemos sempre o nosso equilíbrio no ataque. Nós sempre fomos uma equipe com média de três gols por jogo. E nós perdemos, por infelicidade, os três atacantes (Thiago Ribeiro, Wallyson e Brandão) numa mesma partida, contra o Once Caldas, e contra o Atlético, dois ”, lamentou-se o técnico Cuca .

Artilheiro do time no Campeonato Mineiro, Thiago Ribeiro está de volta ao Cruzeiro para jogar ao lado de Wallyson
Vipcomm
Artilheiro do time no Campeonato Mineiro, Thiago Ribeiro está de volta ao Cruzeiro para jogar ao lado de Wallyson

O treinador foi só elogios a sua dupla de ataque titular. “Thiago Ribeiro e Wallyson formam uma dupla que sempre nos deu segurança ofensiva, velocidade e gols. Tomara que no domingo seja assim. Sem dúvidas, são jogadores importantíssimos e vão nos ajudar muito”, disse Cuca.

Wallyson se mostrou muito otimista com o retorno de Thiago Ribeiro, que vem treinando normalmente durante a semana . “Thiago Ribeiro é um jogador que faz falta a qualquer time do Brasil. Thiago Ribeiro e eu estamos cada vez mais entrosados, fruto do trabalho que estamos fazendo desde o começo do ano. Espero que domingo esse ataque funcione e possamos levar a taça”, disse o atacante cruzeirense.

Sem modéstia, Thiago Ribeiro acha que o time pode ter sentido sua ausência. “Pode ser que o time tenha sentido a minha falta. Mas futebol é assim mesmo. Jogador se machuca , eu não fui o primeiro e nem serei o ultimo”, disse o atleta, fora do time desde a segunda partida da semifinal contra o América-TO.

Contra o rival
Wallyson mostrou no primeiro clássico da decisão que fez mesmo falta enquanto esteve contundido. O jogador balançou as redes do Atlético-MG, em um belo chute cruzado.

Já Thiago Ribeiro não tem boas lembranças de enfrentar o Atlético-MG em 2011. No primeiro clássico do ano, pela fase classificatória do Campeonato Mineiro, o jogador esteve mal e acabou indo para a reserva na sequência.

“Jogar clássico é sempre bom. O clássico da primeira fase não tive uma boa atuação. Mas o que decide é o de domingo. Esse da primeira fase e o do domingo passado ficaram para trás. Se vencermos esse agora, o titulo é nosso. O que vale é esse agora. Para mim e para todo mundo terá um sabor especial. É a hora de mostrar nossa força de novo”, disse Thiago Ribeiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.