Tamanho do texto

Atacante estava na mira do Shanghai Shenhua, da China, mas descartou mudar de clube antes do fim da atual temporada

selo

O atacante Didier Drogba decidiu acabar com os rumores e, nesta sexta-feira, garantiu que permanecerá no Chelsea , pelo menos até junho. Nas últimas semanas ele vinha sendo apontado como possível reforço do Shanghai Shenhua, da China, que o contrataria ainda na janela para transferência de janeiro.

Leia também: Após contratar Anelka, time chinês 'namora' Drogba

Em entrevista à revista France Football , Drogba disse que começou a ter "mais alegria, mais sensações e mais entusiasmo em campo novamente". Perguntado se tinha a intenção de deixar o Chelsea, o jogador afirmou que "não até junho, de toda forma".

Veja ainda: Beckham e Giggs são pré-convocados para as Olimpíadas

De acordo com a imprensa inglesa, o Shenhua estaria disposto a desembolsar uma grande quantia para contar com o marfinense. O clube chinês pagaria cerca de US$ 420 mil (R$ 740 mil) por semana ao jogador de 33 anos, tornando-o um dos mais bem pagos do futebol mundial.

Leia mais sobre o futebol inglês no blog God Save the Ball

Antes de Drogba confirmar sua permanência até junho, o técnico do Chelsea, o português André Villas-Boas, declarou que conta com jogador quando ele retornar da Copa Africana de Nações. O atacante está com a seleção da Costa do Marfim na Guiné Equatorial para a estreia na competição, neste domingo, diante do Sudão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.