Tamanho do texto

Conselheiros do clube acham que jogador do Grêmio pediu alto demais em razão do ambiente político palmeirense

O meia Douglas é o sonho do Palmeiras para liderar as jogadas ofensivas na temporada 2012. No entanto, os custos de uma negociação do jogador do Grêmio assustaram a diretoria alviverde. Aliás, conselheiros palmeirenses reclamam que o atleta pediu um salário maior em função do ambiente político do clube.

Veja também:  Grêmio espera definir permanência de Douglas em janeiro

"O Grêmio ofereceu R$ 270 mil, o próprio jogador acha que o Corinthians pagaria R$ 350 mil, mas aí pediu ao Palmeiras R$ 600 mil mais R$ 70 mil ao empresário. Tudo isso porque falta pulso firme no Palmeiras e na atual direção", reclamou um conselheiro influente.

Veja as novidades das contratações do seu clube na página do Mercado da Bola

O Corinthians não descarta a contratação de Douglas. O nome do jogador - campeão paulista e da Copa do Brasil em 2009 - é tratado como um plano B para reforçar o meio-campo do elenco do técnico Tite.

Ao Palmeiras, resta conviver com as dificuldades de definir contratações. Ainda assim, o clube confia em trazer novidades. Até o momento, somente o lateral esquerdo Juninho foi contratado junto ao Figueirense.

A tendência é que o Palmeiras consiga reforços estrangeiros em breve. A aquisição do zagueiro Adalberto Roman, do River Plate , da Argentina, está próxima. Para completar, o time negocia com o atacante Ariel Nahuelpan, atualmente no Racing Santander, da Argentina. No futebol brasileiro, o argentino deixou boa impressão com a camisa do Coritiba .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.