Tamanho do texto

Treinador atleticano sua equipe em crescimento e nega que trocará Minas Gerais pelo Rio Grande do Sul

O técnico Dorival Júnior ficou satisfeito com o desempenho do Atlético-MG no empate diante do Grêmio , em Porto Alegre. Segundo ele, a equipe mostrou uma evolução, vem crescendo no Campeonato Brasileiro e isso tem dado confiança ao grupo de jogadores. O treinador ainda destacou o grande número de chances de gol que foram criadas pelo ataque alvinegro.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

"A equipe vem num processo de evolução muito bom, vem crescendo a cada momento, vem readquirindo uma confiança necessária. Criamos inúmeras oportunidades contra o Grêmio, e poderíamos ter tido uma sorte melhor, assim como foi contra o Palmeiras . Infelizmente uma série de coisas vem acontecendo com o Atlético-MG, talvez para que nos teste até o limite, talvez esse seja o momento. Temos que fazer o nosso melhor", analisou.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Para o duelo diante do Figueirense , no próximo sábado, o treinador alvinegro ainda não sabe se irá utilizar o esquema com três zagueiros, usado contra Palmeiras e Grêmio . De acordo com Dorival, chegou a hora de o time voltar a ganhar.

"Está na hora do Atlético-MG não só fazer uma boa partida, mas ter uma alegria em momentos importantes. É isso que nós queremos. A equipe esta criando, está com posse de bola, está marcando com muita força, está com velocidade, às vezes errando passes que não poderia erra. Mas, num todo, a equipe cresceu muito, esta consistente, mas está faltando um algo mais", declarou.

Questionado sobre a possibilidade de deixar o Atlético-MG e assumir o Internacional , Dorival foi categórico ao dizer que vai cumprir o contrato com o Atlético-MG. "Tenho compromisso único com o Atlético-MG. Vou cumpri-lo até o último momento, a não ser que a diretoria do clube queira mudar. Estamos tentando fazer o melhor. Não seria conveniente uma quebra de contrato em situação nenhuma. Não faria isso no Internacional também. Não faço isso no Atlético-MG", disse.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.