Tamanho do texto

Mohamad Nasrati colocou a mão nas nádegas do companheiro e foi flagrado pelas câmeras de televisão

Dois jogadores do time de futebol da primeira divisão iraniana Persépolis, de Teerã, foram suspensos por tempo indeterminado por comemorarem um gol de forma "inadequada" e "mal-educada", segundo a televisão oficial iraniana, a "Irib".

Embora a Comissão de Disciplina da Federação de Futebol do Irã não tenha dito o motivo da punição, que também impede os dois jogadores de entrarem em instalações esportivas, a "Irib-2" mostrou uma imagem de Mohamad Nasrati colocando a mão nas nádegas de Sheis Rezaei na celebração do gol.

A suspensão foi comentada em programas esportivos da televisão oficial, que concordaram com as autoridades federativas, ao afirmarem que o ocorrido "prejudica o esporte". A moral oficial no Irã, governado por um regime teocrático muçulmano xiita, é de caráter ultraconservadora e considera faltas e inclusive delitos algumas ocasiões que seriam relevadas na maioria dos países.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.