Tamanho do texto

Com esta confirmação, alguns nomes que eram especulados para substituir Vágner Mancini ficam praticamente descartados

A diretoria do Guarani ainda não sabe quem será o substituto do técnico Vágner Mancini para a temporada de 2011. O observador técnico Waguinho Dias, afirmou que, embora o clube ainda não tenha um nome, deve buscar um treinador com perfil da Série A-2, equivalente à segunda divisão, competição a qual irá disputar no primeiro semestre de 2011 pela segunda vez seguida.

"O Guarani precisa voltar para as elites estadual e nacional. Por isso, o novo treinador tem que ter experiência e conhecimento de Série A2", justificou o dirigente.

Com esta confirmação, alguns nomes que eram especulados para substituir Vágner Mancini ficam praticamente descartados. São os casos de Estevam Soares e Alexandre Gallo, que além de não terem experiência na divisão, possuem salários acima do que o time campineiro deve oferecer.

Alguns nomes que surgem como possíveis candidatos, tanto pelo perfil como pela faixa salarial, são Fahel Júnior, ex-Santo André; Barbieri, ex-Mixto-MT; e Argel, ex-Criciúma. Por outro lado, Waguinho já descartou a promoção do técnico do time sub-20, Wallace Lemos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.