Tamanho do texto

Clube busca reforços, mas não tem dinheiro. Diego Tardelli e Sandro Silva não foram descartados

Divulgação
Diego Tardelli está no Anzhi, da Rússia
A torcida do Inter protesta, pede reforços , mas a situação do clube é complicada. Após a goleada para o São Paulo , o vice de futebol Roberto Siegmann reafirmou que poucos reforços chegarão no clube.

“Temos um déficit mensal grande, independente de reduzir a folha de pagamento. O futebol trabalha dentro do que tem disponível no clube. Se eu pudesse eu contratava 100 jogadores, vários para a mesma posição, para não correr o risco de dar errado. Ainda é possível contratar um ou dois jogadores, dentro da nossa realidade. Não vamos contratar meia dúzia, no máximo dois”, disse Siegmann.

O dirigente ainda usou uma comparação para ilustrar melhor o problema nas finanças.

“Todos nós sabemos qual é um carro bom, mas tem que abrir a carteira e comprar. Ou compra a vista ou parcelado, mas nós não estamos conseguindo nenhuma dessas possibilidades”, revelou.

Siegmann não descartou a contratação do volante Sandro Silva, ex-Palmeiras, mas nega que o negócio esteja concluído. O atacante Diego Tardelli, ex-Atlético-MG, é outro nome que agrada.

“É um jogador que nos agrada muito, mas é um investimento muito elevado. Não é uma operação fácil”, explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.