Tamanho do texto

Luís Paulo Rosenberg disse ao iG que chance de volante ser contratado com doações é zero

O diretor de marketing do Corinthians , Luís Paulo Rosenberg, avalia como nula a chance de o Corinthians contratar Cristian, do Fenerbahce. Em conversa por e-mail com o iG , o dirigente foi perguntado sobre as chances de zero a 10 de o Corinthians conseguir repatriar Cristian por meio da ajuda de uma empresa e doações de torcedores. "Cristian? Zero", respondeu o diretor.

Cristian em ação pelo Fenerbahce
Getty Images
Cristian em ação pelo Fenerbahce
Veja também: Cristian tem campanha para retornar ao Corinthians. Assista o vídeo

Em um vídeo que vazou na última semana o jogador apela aos torcedores do time paulista para que o ajudem a voltar ao Parque São Jorge, iniciando a campanha "Volta Cristian" . O site da campanha é hospedado pela agência de publicidade W+K Brasil, contratada para divulgar o projeto de "crowdfunding", termo inglês que traduzido ao pé da letra significa "financiamento pela multidão". A ideia partiu de um grupo chamado MOP (My Own Player, ou "meu próprio jogador") que tenta viabilizar contratação de um jogador por meio de doações de torcedores.

Leia ainda: Corinthians acha Cristian caro e retorno só é viável por meio de "vaquinha"

“Uma empresa nos consultou para tentar trazê-lo. É uma instituição do exterior e, se ela conseguir, haverá essa forma de arrecadação. O Corinthians e o marketing aguardam uma posição”, disse o diretor adjunto de futebol corintiano, Duílio Monteiro Alves. "É um formato novo e temos de aguardar", completou. O Corinthians não está muito animado com o sucesso da operação e por isso tem sido cético sobre a viabilidade do negócio. O MOP foi procurado por meio de sua assessoria e disse que não tem nenhuma informação para divulgar sobre o assunto.

"Os valores do Cristian podem inviabilizar o negócio. Faz um certo tempo que se fala dele aqui, até pelo carinho que tem com a torcida, mas conversas sempre brecavam pelos valores. Estamos esperando. Ele é um atleta querido, que cairia bem no elenco, mas isso não está no poder do departamento de futebol. Vamos buscando informações com o marketing. Vamos esperar essa engenharia financeira", disse o gerente de futebol corintiano Edu Gaspar.

E mais: Tite pede contratação de Cristian para fechar elenco carente de volantes

O Fenerbahce só vende Cristian por R$ 16 milhões, preço mínimo estipulado pelos turcos. Com contrato até 2014, o volante sempre esteve na pauta corintiana para um eventual retorno desde 2010. Em 2009, quando foi vendido ao clube de Istambul, Cristian chorou na coletiva de imprensa de despedida e com isso aumentou sua relação de carinho com a torcida corintiana, que o trata como carrasco do São Paulo pelos gols que ele marcou no rival do Morumbi.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.