Tamanho do texto

Construção foi paralisada por causa do falecimento de um trabalhador na noite de domingo

Após um dia de luto pela morte de um operário, as obras da Arena do Grêmio foram retomadas nesta terça-feira. Elas ficaram paradas após o falecimento de José Elias Machado, no domingo à noite. O trabalhador morreu atropelado ao tentar atravessar a BR-290, rodovia que passa em frente ao novo estádio gremista.

O fato gerou indignação dos funcionários que trabalham no empreendimento tocado pela OAS. Como protesto, eles atearam fogo no alojamento. No incêndio, muitos trabalhadores perderam seus documentos e pertences.

A construtora afirmou que nos dias de trabalho ela fornece transporte para a travessia da BR 290, mas que domingo era um dia de folga dos funcionários. A Polícia Civil abriu investigação sobre o incêndio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.