Tamanho do texto

Goleiro do Palmeiras ocupa vaga de Marcos no jogo desta quarta-feira contra o Botafogo

De volta ao gol do Palmeiras no lugar do poupado Marcos, Deola já tem a meta de seguir invicto no Engenhão. Nas duas vezes em que atuou no estádio do Rio de Janeiro, o goleiro somou quatro pontos, derrotando o Flamengo e segurando o empate com o próprio Botafogo, adversário desta quarta-feira, às 21h50.

O camisa 22 destaca que tem aumentado o ritmo dos treinamentos para tentar compensar a falta de ritmo que tem. Sempre como segunda opção de Marcos, Deola afirma que estará sempre pronto para jogar pelo Palmeiras e mantém a tradição do futebol de pedir respeito com o adversário.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

"É sempre muito bom representar o Palmeiras. Mesmo sem ritmo de estar atuando sempre, venho treinando forte nos treinos para entrar preparado quando for necessário. Acho que fui bem nos jogos em que representei a equipe neste Brasileiro e espero repetir mais uma boa atuação", disse ele antes de analisar o time adversário.

"Eles possuem um time muito forte, que encaixou na competição. Não dá para citar só um jogador. Todos estão se destacando, em diferentes posições, e quando jogam em casa são ainda mais fortes. Nosso time precisa estar muito preparado e forte, do mesmo jeito que entramos em campo no clássico. Mesmo com alguns desfalques, temos elenco para tentar sair do Engenhão com um bom resultado", explicou.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Deola também afirma que se sente ainda mais motivado de ter que enfrentar a torcida adversária e disse que tentará esquecer a qualidade do gramado não tão boa por causa do excesso de jogos.

"É um estádio que, particularmente, eu gosto muito de jogar. Mesmo com a torcida adversa, motiva mais. A gente sabe que o campo está um pouco prejudicado pelo excessivo números de jogos que está acontecendo lá, mas é um palco muito gostoso de jogar e eu felizmente fui bem nas partidas em que atuei lá", finalizou.

Em 2011, Deola atuou por 26 vezes e sofreu 14 gols. No Brasileirão, forma quatro jogos, sendo um empate contra o América-MG, as vitórias contra Figueirense e Atlético-MG, e a derrota para o Vasco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.