Tamanho do texto

Com suspensão de Daniel Carvalho, Renan Oliveira aparece como a primeira opção para entrar na equipe

A ausência de Daniel Carvalho na partida desta quinta-feira contra o Coritiba parece não preocupar o técnico Cuca . O meia está suspensão e não pode jogar nesta quinta-feira, no entanto o treinador do Atlético-MG se mostra tranquilo. Apesar de Daniel Carvalho ser destaque no segundo turno , Cuca garante que sua equipe não é dependente do meia.

Veja também: Atlético-MG é o 14º colocado. Veja a classificação atualizada

Somente no returno, Daniel Carvalho tem três gols e quatro assistências, a última delas na derrota para o Figueirense . Mesmo assim, Cuca afirma que o Atlético-MG está preparado para atuar sem o camisa 83. Questionado se o time tinha algum tipo de dependência do futebol de Daniel Carvalho, Cuca negou e usou o jogo desse sábado como exemplo.

Leia também: Daniel finalmente corresponde e conduz recuperação do Atlético-MG

“Não. Até não achei que o Daniel estivesse muito bem no jogo, estava errando muitos passes. Durante o jogo ele acabou enviando de centroavante e o André vindo por trás para fazer a função dele, não estava legal para a gente aquela situação. A gente precisava da estocada para o contra-ataque. Se a gente continua com 1 a 0, essa mesmo mexida seria ótima ( Marquinhos Cambalhota entrou no lugar do meia)”.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Por conta de uma lesão na coxa esquerda , Daniel Carvalho desfalcou o Atlético-MG em três jogos neste segundo turno, contra o América-MG , o Santos e o Vasco . Na ocasião, Renan Oliveira foi o escolhido pelo treinador para ser o armador da equipe. No entanto, nas partidas diante de Santos e Vasco, Renan deixou o campo com apenas 30 minutos de jogo. E desde então, embora sempre relacionado, o camisa 10 não jogou mais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.