Tamanho do texto

Time mineiro vinha embalado por vitória sobre o líder, mas atacante Felipe roubou a cena e marcou duas vezes

null

A escalada do Cruzeiro na tabela de classificação do Brasileirão foi interrompida nessa quarta-feira pelo Atlético-GO . Depois de bater o líder Corinthians no Pacaembu, o time mineiro foi superado pelo rival goianiense por 2 a 0, no Serra Dourada. Os gols da partida foram marcados por Felipe , no começo do primeiro tempo e já nos acréscimos da segunda etapa

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

O tropeço em Goiânia foi o segundo do técnico Joel Santana à frente do Cruzeiro, já que havia perdido para o São Paulo no Morumbi. O treinador mandou a campo o mesmo esquema tático da última rodada, mas dessa vez, o resultado foi diferente. Felipe roubou a cena e marcou duas vezes, atrapalhando a festa mineira. "Independentemente de quem fez os gols, o importante foi vencer a partida", disse o artilheiro da noite.

O goleiro Fábio entrou em campo com o número 400 nas costas, lembrando o número de jogos do goleiro com a camisa do Cruzeiro . “Fico muito feliz de alcançar essa marca em um clube importante como o Cruzeiro”, disse o jogador antes da partida.

Entre para a Torcida Virtual de Cruzeiro ou Atlético-GO e convide seus amigos

E o goleiro cruzeirense levou sorte no primeiro ataque goianiense. Rafael Cruz arriscou de fora da área e a bola desviou em Leandro Guerreiro, acertando a trave. Na volta, caprichosamente, ela parou nas luvas de Fábio. Mas, no ataque seguinte, Fábio não pôde fazer nada. A defesa falhou e Felipe aproveitou cruzamento para abrir o placar sozinho. O mesmo Felipe quase ampliou em uma bomba de fora da área, mas dessa feita Fábio fez grande defesa.

Atrás no marcador, Joel Santana promoveu a entrada do atacante Ortigoza no lugar de Vítor, que não vinha bem na partida. E o segundo tempo começou como o primeiro, com o Atlético-GO aproveitando os vacilos da defesa cruzeirense. Thiaguinho ganhou da zaga e acertou o travessão de Fábio. Montillo tentou dar o troco em bela jogada individual, mas o goleiro Márcio trabalhou pela primeira vez na noite.

O lance parece ter acordado o time mineiro e Roger quase empatou, mas a defesa desviou na hora exata do arremate. Com a defesa toda aberta, o Cruzeiro deixava o contra-ataque para o Atlético-GO. Em uma jogada veloz, Anselmo e depois Felipe obrigaram Fábio a trabalhar duas vezes para evitar o segundo. Ortigoza ainda tentou empatar no final da partida, mas a noite era mesmo de Felipe. O atacante recebeu dentro da área e bateu cruzado para fazer o segundo gol e selar a importante vitória goianiense.

FICHA TÉCNICA- ATLÉTICO-GO 2X0 CRUZEIRO
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 27 de julho de 2011 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Cleber Welington Abade (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Kleber Lucio Gil (SC)
Renda: Não divulgada
Público:
Não divulgado
Cartões amarelos: Anderson e Agenor (ATL)

Gols:
Atlético-GO: Felipe, aos 8 minutos do primeiro tempo e aos 46 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Anderson e Ernandes; Agenor, Bida, Thiaguinho (Joílson) e Vítor Júnior (Leonardo); Anselmo (Marcão) e Felipe
Técnico: Jairo Araújo

CRUZEIRO: Fábio; Vítor (Ortigoza), Naldo, Gil e Everton; Fabrício, Marquinhos Paraná (Anselmo Ramon), Leandro Guerreiro, Roger (Reis) e Montillo; Wallyson
Técnico: Joel Santana

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.