Tamanho do texto

Técnico quer concentração máxima para Vasco consolidar classificação às finais da Taça Rio

As notícias vindas do Ninho do Urubu sobre os protestos da torcida do Flamengo na recepção aos jogadores não surtiram efeito em São Januário. Ao tomar conhecimento da ovada ao ônibus rubro-negro que transportava os goleiros Felipe e Paulo Victor para o centro de treinamento, o técnico do Vasco , Cristóvão Borges, minimizou os incidentes.

Deixe seu recado e divida a notícia com outros torcedores

Alecsandro e William Barbio treinam sem pensar na crise rubro-negra
Site oficial
Alecsandro e William Barbio treinam sem pensar na crise rubro-negra
O treinador cruzmaltino pede respeito com o adversário. Mesmo em crise, o clássico deste sábado, pela Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca -, está sendo encarado com responsabilidade.

Leia mais: Barrado, torcedor vascaíno protesta em São Januário

“A crise na Gávea é problema do Flamengo. Flamengo é um grande adversário. Sabemos que a rivalidade que existe. E este é o melhor momento para se resolver um monte de problemas. O Flamengo vai vir jogando uma decisão. Vai ser a dureza de sempre. O jogo em si é a dureza de sempre”, advertiu o treinador vascaíno, concluindo:

“A preparação continua. O jogo de amanhã também é bastante importante porque conseguindo a vitória consolidamos a classificação. Alémm da rivalidade, é um clássico de tradição”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.