Tamanho do texto

Técnico espera que meia recupere a forma para voltar a jogar em alto nível

Diego Souza viveu uma noite inspirada na vitória de 1 a 0 sobre o sobre o Nacional-URU , em Montevidéu, pela Copa Libertadores . Além de marcar o único gol da partida, o camisa 10 do Vasco protagonizou lances incríveis, como o lençol e uma bola entre as pernas de dois adversários diferentes da sequência de uma mesma jogada. No sábado, na derrota de 2 a 1 para o Flamengo , ele fora barrado. A boa atuação desta quinta-feira, porém, poderá fazê-lo recuperar a confiança - dele e do treinador. Pelo menos é assim que pensa o técnico Cristóvão Borges.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Diego Souza hoje fez uma bela exibição. Ele esteve muito bem taticamente. Soube segurar a bola e ajudou bastante na vitória. Acredito que ele vá ganhando confiança e que melhore seu nível nos próximos jogos”, observou o treinador vascaíno.

Passada a participação do Vasco no encerramento da fase de grupo do torneio sul-americano, o time  agora volta a se concentrar no Campeonato Carioca . Domingo, a equipe enfrenta o Nova Iguaçu, na última rodada da Taça Rio – segundo turno do estadual.

Para esta partida, Cristóvão não terá Dedé , ainda em recuperação de um edema ósseo na fíbula perna esquerda – o prazo para voltar é de no mínimo três semanas. Em contrapartida, terá as voltas de Felipe e Juninho Pernambucano. Sem falar que clube poderá escalar Rodolfo, Eduardo Costa e Fellipe Bastos, “expulsos” no clássico com o Flamengo.

Após aval da Federação de Futebol do Rio, o departamento jurídico do Vasco concordou em escalar os três atletas. Diego Souza e Fágner, também citados na súmula de Wagner dos Santos Rosa não têm condições de jogo porque já haviam recebido o terceiro cartão amarelo na mesma partida.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.