Tamanho do texto

Se vencer o Atlético-PR, domingo, time iguala recorde do Alviverde paulista: 21 vitórias, conquistadas em 1996

Conquistar o bicampeonato estadual na casa do maior rival e ainda por cima entrar para a história como o time com a maior sequência de vitórias do futebol brasileiro. Sim, isso pode virar realidade para o Coritiba .

AE
Jogadores do Coritiba comemoram gol na goleada sobre o Iraty
Com cinco pontos de vantagem sobre o rival Atlético-PR , o time alviverde joga por um simples empate no clássico Atletiba para celebrar o bicampeonato paranaense. E, se vencer a partida, a equipe vai igualar o recorde de vitórias consecutivas – 21 – que pertence ao Palmeiras de 1996.

“O bicampeonato estadual, depois de sete anos, é o importante. Se for invicto, melhor ainda. Mas não tem nada ganho. Não é demagogia. O futebol ensina isso”, disse o técnico Marcelo Oliveira.

Nesta temporada, o Coritiba ainda não sabe o que é perder. Disputou 25 jogos, entre Paranaense e Copa do Brasil, e venceu 23, empatando outros dois. Vem de 20 vitórias seguidas, sendo 15 no Estadual – recorde absoluto.

Com isso, fica difícil não imaginar a comemoração domingo em plena Arena. Apesar dos números, ninguém no Coritiba fala em favoritismo e o discurso é o mesmo desde o início da competição.

“Agora nós temos a possibilidade real de finalizar o campeonato diante do nosso maior rival. É um jogo diferente e vamos trabalhar para conquistar o Estadual no domingo”, disse o atacante Bill.

Mesmo que tropece diante do rival na Arena, o Coritiba seguirá com vantagem de dois pontos para a última rodada, quando enfrenta o Cianorte, no Couto Pereira. Com um saldo de gols superior – hoje 21 contra 8 – um empate em casa será suficiente para o bicampeonato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.