Tamanho do texto

Com gols de Rafinha e Émerson, atual bicampeão paranaense ganha por 2 a 0 e amplia série invicta na competição

O Coritiba estreou no Campeonato Paranaense 2012 com um 2 a 0 sobre o Toledo, fora de casa, no Estádio 14 de dezembro. O início da caminhada rumo ao tricampeonato pelo menos começou com vitória, que manteve a invencibilidade no Estadual que dura desde fevereiro de 2010.

Confira a classificação do Campeonato Paranaense

O placar foi aberto aos dois minutos da primeira etapa, com Rafinha , que pegou sobra de bola na entrada da área e acertou um belo chute para estufar as redes. Depois do intervalo, o técnico Marcelo Oliveira tentou modificar o time durante a partida, especialmente meio-campo e ataque, mas foi o zagueiro Émerson , aos 44 minutos, que fez o segundo gol.

Na próxima rodada, o Toledo vai ao litoral, onde na quarta-feira encara o Rio Branco, no Estádio Fernando Chaburb Farah, em Paranaguá. Já o Coritiba terá pela frente no mesmo dia, o Corinthians Paranaense, no Couto Pereira.

O jogo

O Coritiba começou arrasador. Logo aos dois minutos, depois de sobra de bola na entrada da área, Rafinha apareceu para fuzilar para o fundo das redes e fazer um golaço. O Toledo até tentou responder, mas não conseguia acabar com a superioridade do oponente.

Aos 14 minutos Marcel partiu para jogada individual após bom passe de Rafinha, abriu espaço e chutou em cima do defensor. O atacante ainda pediu um toque de mão e não foi atendido. De fora da área, Irineu arrematou aos 18 minutos, e isolou a bola. O Toledo subiu de produção, mas não conseguia finalizar.

Rafinha comemora gol do Coritiba contra o Toledo
AE
Rafinha comemora gol do Coritiba contra o Toledo

Em lance de bola parada, aos 30 minutos, Davi e Jackson ensaiam uma jogada combinada e se atrapalharam, carimbando a barreira. No contra-ataque, Cícero recebeu e chutou forte de longe, com muito perigo. Aos 34 minutos, Edson cobrou falta, a bola quicou e Vanderlei estava ligado para defender. Apesar do inicio arrasador o Coritiba mostrava problemas de entrosamento e chegou a ser pressionado.

Na segunda etapa, o Coritiba criou a primeira chance, com Davi, que recebeu de Lincoln e bateu com perigo, pela linha de fundo. A partida voltou mais briga no meio campo, com muita marcação e passes errados. Aos nove minutos, após cobrança de escanteio, Éverton desviou de cabeça e Vanderlei segurou firme.

Os reforços alviverdes mostravam falta de ritmo e pouco apareciam. Aos 14 minutos, Jackson buscou um lançamento em profundidade para Lincoln e exagerou na força. O técnico Marcelo Oliveira começou a mexer na equipe com as entradas de Éverton Costa e Renan Oliveira. Aos 24 minutos, Rafinha fez a jogada e serviu Marcel. A zaga afastou pela linha de fundo. Após a cobrança de escanteio, Pereira testou firme para fora.

Os jogadores do Coritiba sentiam o calor e cansaço pelos trabalhos físicos realizados na pré-temporada e tentavam tocar a bola para administrar. Aos 34 minutos, Cícero mandou um petardo da entrada da área e Vanderlei trabalhou bem. Quando não se esperava mais nada da partida, Émerson subiu bem na área e testou para o fundo das redes para fechar o placa

FICHA TÉCNICA - TOLEDO 0 X 2 CORITIBA
Local: Estádio Municipal 14 de Dezembro, em Toledo (PR)
Data: 22 de janeiro de 2012, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Antônio Denival de Morais
Assistentes: Roberto Braatz e Marcelo Pavan
Cartões amarelos: Emerson e William (Coritiba)

Gols: CORITIBA - Rafinha, aos 02 minutos do primeiro tempo e Émerson, aos 44 minutos do segundo tempo

TOLEDO: Oliveira; Geronimo, Rodrigo (Rafael Domingues), Negretti e Everton; Irineu (Dudu), Eurico, Cicero e Edson; Eduardo (William) e Guilherme
Técnico: Rogério Perrô

CORITIBA: Vanderlei, Jackson, Pereira, Emerson e Lucas Mendes; Junior Urso, Willian, Rafinha e Davi (Éverton Costa), Lincoln (Renan Oliveira) e Marcel (Geraldo)
Técnico: Marcelo Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.