Tamanho do texto

Vice-presidente de marketing do clube, Luis Paulo Rosemberg, lembrou o rival durante palestra

A palestra era para mostrar o trabalho do Corinthians na área de marketing em um evento sobre o tema na capital paulista. Isso até aconteceu, mas o nome de outro clube, o São Paulo , também foi lembrado. Todas as vezes em piadas e provocações.

Ao mostrar os trabalhos corintianos na área de marketing nos últimos quatro anos, o vice-presidente de marketing Luis Paulo Rosemberg disse que o clube chegou demorou para investir na área. “O São Paulo está há 10 anos fazendo isso, mas não tem eco”, afirmou.

VEJA TAMBÉM: São Paulo e Corinthians acirram rivalidade, mas também se invejam


O São Paulo foi o único dos grandes clubes da capital paulista que não esteve no evento. Além do Corinthians, Palmeiras, Santos e Portuguesa mandaram seus presidentes e representantes da área de marketing.

A declaração de Rosemberg foi apenas a primeira provocação ao rival. “A verdade é que é muito mais fácil se relacionar com o Santos e o Palmeiras do que com o São Paulo”, disse o corintiano.
Durante sua apresentação, ele fez piadas sobre são-paulinos. Primeiro, chamou o Morumbi de “panetone, cheio de frutinhas dentro”. Depois, ao mostrar o canal de TV do Corinthians, afirmou que o era o segundo de uma equipe brasileiro. “O primeiro é o ‘For Man’ (canal erótico destinado ao público gay) do São Paulo”, disse Rosemberg.

Fim da “briga feia”
Apesar das provocações, o dirigente corintiano defendeu o fim do que chamou “briga feia” entre os presidentes dos dois clubes, Juvenal Juvêncio, do São Paulo, e Andrés Sanchez, do Corinthians.
“Tem que acabar com essa briga feia, de provocações pessoais, de chamar um de analfabeto e o outro responder dizendo que o rival é corrupto”, disse Rosemberg.

No último dia 12, os dois presidentes trocaram ofensas públicas , após o corintiano dizer que o atacante Dagoberto sairia do Morumbi no final do ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.