Tamanho do texto

Aos 48 anos de idade, o espanhol estava sem clube desde julho de 2017, quando deixou o comando do Barcelona

Luis Enrique vai assumir o comando da seleção nacional da Espanha
Reprodução
Luis Enrique vai assumir o comando da seleção nacional da Espanha

A seleção da Espanha já tem um novo treinador . Um dia após a saída de Fernando Hierro, que assumiu o cargo nas vésperas da Copa do Mundo, a Real Federação Espanhola de Futebol anunciou a chegada de Luis Enrique. Em coletiva nesta segunda-feira (9), o presidente da entidade, Luis Rubiales, informou se tratar de um acordo de dois anos de duração.

Leia também: Federação croata defende Vida após polêmica por suposta provocação à Rússia

Luis Enrique tem passagens como técnico de Celta, Barcelona e Roma e estava sem comandar um clube desde julho de 2017, quando deixou Lionel Messi e companhia. Como jogador, vestiu a camisa dos rivais Barcelona e Real Madrid. Aos 48 anos de idade, o espanhol vai assumir o cargo que estava sendo ocupado por Hierro, mas que pertencia anteriormente a Julen Lopetegui.

"A decisão (por Luis Enrique) foi unânime. Gosto do seu compromisso. Ele deixou passar oportunidades econômicas melhores para treinar a seleção. Ele cumpre todos os parâmetros e critérios da direção", afirmou o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol .

Leia também: CBF oficializa convite para Tite permanecer no comando da seleção brasileira

Espanha na Copa

Seleção da Espanha foi eliminada pela anfitriã Rússia
Reprodução
Seleção da Espanha foi eliminada pela anfitriã Rússia

Antes mesmo do início da Copa do Mundo de 2018, a Espanha já passava por conturbações. Dois dias antes da estreia da Fúria, o então treinador Julen Lopetegui foi demitido após ter assinado um contrato com o Real Madrid sem ter avisado a Real Federação Espanhola de Futebol. Um dia antes da abertura do Mundial, Fernando Hierro assumiu o cargo. 

Leia também: Renato Gaúcho defende Tite na seleção, mas avisa: "Minha hora vai chegar"

Na Rússia, foram dois empates e uma vitória na fase de grupos, na qual fez parte do Grupo B, ao lado de Portugal, Irã e Marrocos. Nas oitavas de final, enfrentou a seleção anfitriã e obteve o empate em 1 a 1 no tempo corrido. Na decisão por pênaltis, perdeu por 4 a 3. Assim, seleção da Espanha concretizou sua eliminação do Mundial russo. Após a saída da equipe, a entidade responsável anunciou Luis Enrique como o novo técnico.

    Leia tudo sobre: futebol