Tamanho do texto

"As chances são de 50% para cada. Respeitamos a todos, mas não tememos ninguém", garantiu Mandzukic depois do primeiro treino após classificação

Festa da classificação da Croácia para semifinal contou com participação da presidente do país, Kolinda Grabar-Kitarovic
Reprodução/Twitter - @MarioMandzukic9
Festa da classificação da Croácia para semifinal contou com participação da presidente do país, Kolinda Grabar-Kitarovic

A seleção da Croácia deu início nesta segunda-feira (9) à preparação para o jogo da semifinal da Copa do Mundo contra a Inglaterra , marcado para quarta-feira (11). A equipe treinada pelo técnico Zlatko Dalic fez, em Moscou, uma atividade leve e com foco na recuperação dos atletas.

Dalic já havia expressado nesse domingo (8) sua preocupação com a condição física dos jogadores da Croácia , que precisaram jogar a prorrogação e os pênaltis nos confrontos contra a Rússia, nas quartas de final, e contra a Dinamarca, nas oitavas.

"Gastamos muita energia nos últimos seis dias. Jogamos duas partidas que totalizaram 240 minutos e isso certamente é um problema. Nós faremos de tudo para recuperar nossos atletas e estou certo de que encontraremos energia para enfrentar a Inglaterra", comentou Dalic.

Leia também: Federação croata defende Vida após polêmica por suposta provocação à Rússia

Croácia não tem medo de enfrentar a Inglaterra

O discurso adotado pelos croatas para a decisão contra a Inglaterra é o de que eles não têm o que temer. Dalic já declarou que não está com medo de enfrentar o atacante Harry Kane , atual artilheiro da Copa, com seis gols, pois confia na defesa de sua equipe, que já parou jogadores como Lionel Messi e Christian Eriksen.

Nesta segunda-feira, foi a vez de o atacante Mario Mandzukic repetir o discurso destemido. "Nós temos jogadores experientes e ótimos atletas jovens. É por isso que somos tão bons. Nossas chances contra a Inglaterra? É uma semifinal da Copa do Mundo... Eu diria que as chances estão em 50% para cada um. Nós respeitamos a todos, mas não tememos ninguém. Acreditamos em nós mesmos e estamos focados em jogar ainda melhor", disse.

O atacante Kramaric, autor de um dos gols da Croácia contra a Rússia no sábado (7), disse que está na expectativa para reencontrar o inglês Jamie Vardy, que foi seu colega de quarto quando os dois jogavam juntos no Leicester City e confirmou: "A Inglaterra é sim o adversário mais difícil que já encaramos aqui na Rússia".

Autor de um gol na final da Liga dos Campeões passada pela Juventus, Mandzukic disse que o sentimento de estar na semifinal da Copa do Mundo é incomparável. "É especial jogar pelo seu país. Você não pode comparar isso com uma Champions League. Nós estamos muito perto agora, estamos prontos para isso e daremos até a última gota de suor para alcançar o que queremos", disse o atacante da Croácia .

Leia também: 'Desafio Neymar' vira febre mundial em chacota com quedas do jogador brasileiro

    Leia tudo sobre: futebol