Tamanho do texto

Alguns membros da delegação brasileira deixaram a Rússia e voltaram ao Brasil; no Aeroporto do Galeão, foram recebidos por torcedores

Philippe Coutinho desembarca no Rio de Janeiro após eliminação da seleção brasileira
Reprodução
Philippe Coutinho desembarca no Rio de Janeiro após eliminação da seleção brasileira

Eliminada da Copa do Mundo d e 2018 nas quartas de final, a seleção brasileira já está de volta. O avião que trouxe parte da delegação pousou no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (8).

Leia também: CBF oficializa convite para Tite permanecer no comando da seleção brasileira

No salão de desembarque, os poucos torcedores e pessoas que se encontravam no local, aplaudiram os que chegaram da seleção brasileira . Dentre os jogadores, apenas Philippe Coutinho, Casemiro, Gabriel Jesus, Douglas Costa, Pedro Geromel e Taison estavam presentes no voo que deixou São Petersburgo e fez escala em Madri, na Espanha.

A grande maioria dos demais, atua por algum time europeu e no Velho Continente reside e assim, deixou a Rússia por conta própria. A chegada de Neymar, que era bastante aguardada, não aconteceu. O camisa 10 não foi visto e segundo informações dos presentes no aeroporto , ele teria saído direto da pista para um helicóptero fretado.

Leia também: Memes de tristeza: internet lamenta eliminação brasileira na Copa do Mundo

Tite e Philippe Coutinho eram os mais assediados e tiraram fotos com alguns dos torcedores presentes no local. "Tenho orgulho em poder transmitir alguma coisa boa. Só retribuir o carinho que eles estão nos proporcionando. Quero de coração agradecer a eles todos. Obrigado”, disse o treinador. "O futebol tem o ganhar mais do que o resultado do campo".

Já Casemiro, que não atuou na partida decisiva contra a Bélgica por conta de suspensão de dois cartões amarelos, pediu valorização da equipe. "Há dois anos o Brasil corria o risco de nem se classificar e agora estávamos como favoritos. Há muitas coisas boas. Não é o fim de uma era. Tem que valorizar", disse.

Leia também: Neymar quebra silêncio após eliminação: "Difícil encontrar forças para voltar"

Tite fica na seleção?

Tite pode permanecer no comando da seleção brasileira
FIFA/ Divulgação
Tite pode permanecer no comando da seleção brasileira

Apesar da eliminação da seleção brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, a Confederação Brasileira de Futebol ( CBF ) ainda quer a permanência de Tite no comando da equipe. Os rumores eram feitos pela imprensa logo depois da derrota por 2 a 1 para a Croácia, mas o convite foi oficializado pela entidade.

Rogério Caboclo, chefe da delegação e futuro presidente da CBF, se reuniu com  Tite  em Kazan, logo após a partida que eliminou a seleção brasileira . A permanência do treinador no comando do time é inédito. Vale ressaltar, que nunca um técnico foi mantido após a elimanação de um Mundial. Para que o ex-Corinthians siga no comando, teriam sido oferecidas as mesmas condições e estruturas dos dois anos nos quais Tite permaneceu no comando da equipe. O treinador, por sua vez, agora de folga, teria pedido um tempo para poder dar a resposta.

    Leia tudo sobre: futebol