Tamanho do texto

Seleção brasileira encarou os mexicanos na Copa em casa, em 2014, mas não venceu. Na história, porém, a vantagem é verde e amarela

Brasil e México se enfrentam em Samara em busca de vaga nas quartas de final contra Bélgica ou Japão
Divulgação/Fifa.com
Brasil e México se enfrentam em Samara em busca de vaga nas quartas de final contra Bélgica ou Japão

As favoritas Alemanha, Argentina, Espanha já caíram na Copa do Mundo . Com isso, o caminho para o hexacampeonato do Brasil está cada vez mais aberto na Rússia, mas o duelo das oitavas de final é complicado: o México.

Leia também: Árbitro de Brasil x México nas oitavas já levou bolada de Neymar no rosto

No Mundial passado, realizado no Brasil , a seleção canarinho ficou no empate por 0 a 0 diante dos mexicanos, em Fortaleza, e agora reencontra o rival. 

Foram 40 jogos em toda história, com vantagem para a seleção brasileira, que venceu 23 vezes. Aconteceram ainda dez vitórias do México e sete empates. São 73 gols marcados pela seleção pentacampeã e 36 sofridos.

Para o duelo na Rússia, o técnico Tite confirmou que Marcelo e Danilo ficam de fora, com Filipe Luis e Fagner sendo os titulares. O restante do time é o mesmo que o torcedor já conhece, com Philippe Coutinho centralizado, Willian e Neymar abertos e Gabriel Jesus no comando de ataque.

Thiago Silva foi escolhido como capitão e falou sobre o duelo. "Esse é o quarto jogo e a equipe está muito bem preparada contra uma seleção que demonstrou qualidade enorme e vai querer chegar às quartas de final, como a gente. Temos muita concentração, muita determinação, e um plano A e plano B para o jogo. Esperamos fazer uma grande apresentação", disse zagueiro.

Pelo lado do México , a preocupação é na epidemia de gripe que atingiu o elenco nos últimos dias, deixando alguns jogadores debilitados. Mesmo assim, o técnico Juan Carlos Osorio deve mandar a campo força máxima, mas sem o zagueiro Moreno, suspenso pelo segundo cartão amarelo.

"Nossa ideia de jogo é causar sempre problemas defensivos ao rival, nunca renunciar à nossa proposta de atacar. Podemos ser perigosos no contra-ataque, mas a ideia é não se jogar para dentro do nosso gol, porque o Brasil tem muita qualidade e acaba fazendo gol, como já ocorreu contra equipes defensivas", comentou Osorio.

Leia também: Epidemia de gripe na seleção mexicana afeta jogadores, diz jornal

Ficha técnica de Brasil x México (Oitavas de final)

Data: Segunda-feira, 2 de julho, às 11h (horário de Brasília)
Local: Samara Arena, em Samara
Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália)
Prováveis escalações

Brasil  - Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luis; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

México  - Ochoa, Salcedo, Ayala, Rafa Marquez (Salcedo) e Gallardo; Herrera, Guardado, Layún, Lozano e Vela; Chicharito. Técnico: Juan Carlos Osorio.

Leia também:  Neymar fala mais uma vez sobre choro utilizando vídeo de Leandro Hassum

Quem passar de Brasil e México irá enfrentar, nas quartas de final, o vencedor de Bélgica e Japão que jogam às 15h do mesmo dia.

    Leia tudo sobre: Futebol