Tamanho do texto

De acordo com o jornal mexicano El Universal, a epidemia de gripe tem atingido, além dos jogadores, membros da comissão técnica e do staff

Além de se preocupar com a partida nas oitavas de final contra a forte seleção brasileira, os mexicanos estão com um problema a mais. Desde a segunda rodada da fase de grupos da Copa está acontecendo uma epidemia de gripe na seleção mexicana. A informação é do jornal mexicano El Universal. 

Leia também: Árbitro de Brasil x México nas oitavas já levou bolada de Neymar no rosto

Membros do staff, da comissão técnica e alguns jogadores foram atingidos. A última vítima da epidemia de gripe na seleção mexicana foi o técnico Juan Carlos Osório, que tossiu bastante na vitória da Suécia em cima de sua equipe, na última quarta-feira (27). 

Juan Carlos Osorio foi a última vítima da epidemia de gripe na seleção mexicana
EFE/José Méndez
Juan Carlos Osorio foi a última vítima da epidemia de gripe na seleção mexicana

De acordo com a publicação, o motivo da epidemia teria sido o forte ar condicionado do hotal junto ao intenso calor de Rostov, cidade em que o México enfrentou e ganhou da Coréia do Sul na segunda rodada da fase de grupos. O jornal ainda afirmou que quando uma pessoa melhora, outra fica doente.

Essa não é a primeira vez que a saúde dos atletas mexicanos entra em pauta. Na coletiva de imprensa após o primeiro jogo do Mundial, uma vitória sobre a Alemanha, Osório disse que alguns de seus jogadores estavam indispostos. 

Leia também: Seleção brasileira inicia preparação para as oitavas e Douglas Costa retorna

A epidemia de gripe na seleção mexicana pode influenciar o jogo contra o Brasil? 

Nos dois primeiros jogos da Copa do Mundo, a seleção mexicana conquistou a vitória e três pontos. O primeiro, um surpreendente 1 a 0 em cima da atual campeã mundial Alemanha. O segundo, 2 a 1 contra a Coreia do Sul. A atuação da equipe em campo foi convicente e chamou atenção. 

Já na última partida, após o início da suposta epidemia de gripe, o México perdeu de 3 a 0 para a Suécia e não parecia ser a mesma equipe que havia ganhado os últimos dois jogos. A classificação às oitavas ficou por um fio e foi confirmada apenas após a derrota da Alemanha para a Coreia do Sul, por 2 a 0, gols que foram feitos nos acréscimos do segundo tempo. 

Leia também: Vantagem verde e amarela: relembre todos os confrontos entre Brasil e México

O jogo contra o Brasil, pelas oitavas de final acontece na próxima segunda-feira (2), às 11 horas da manhã, horário de Brasília, em Samara. Os torcedores mexicanos torcem para que a epidemia de gripe na seleção mexicana não entre em campo com os jogadores e não afete o esquema tático da equipe. Os brasileiros só saberão se a doença terá alguma influência no resultado do jogo quando as equipes entrarem em campo. 


    Leia tudo sobre: Futebol