Tamanho do texto

Thiago Silva e Philippe Coutinho foram escolhidos para integrar os 11 ideais da fase de grupos da Copa do Mundo

A Copa do Mundo  de 2018, na Rússia, chega à sua fase de oitavas de final com 16 países classificados, sendo que muitos jogadores se destacaram neste primeira etapa da competição. E para avaliar quem foi muito bem dentro de campo, o iG escalou a seleção da fase de grupos do Mundial, usando a formação 4-3-3.

Leia também: Copa do Mundo da Rússia supera Mundial da França com recorde de gols contra

Além disso, citamos também algumas menções honrosas a atletas que também mostraram um excelente futebol e que poderiam entrar na seleção da fase de grupos da Copa.

Confira os eleitos:

Kasper Schmeichel (goleiro)

Kasper Schmeichel, goleiro da Dinamarca, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
FIFA/ Divulgação
Kasper Schmeichel, goleiro da Dinamarca, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

O seguro goleiro da Dinamarca sofreu apenas um gol na Copa do Mundo - e de pênalti - e ajudou sua seleção a garantir classificação às oitavas de final com grandes defesas, principalmente na vitória diante do Peru, na estreia.

Mário Fernandes (lateral direito)

Mario Fernandes, da Rússia, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
Mladen Antonov / AFP
Mario Fernandes, da Rússia, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

O brasileiro naturalizado russo se mostrou bastante eficiente na marcação e uma excelente válvula de escape no ataque, sempre criando perigo nas jogadas ofensivas pelo lado direito para os donos da casa. 

Thiago Silva (zagueiro)

Thiago Silva, do Brasil, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP
Thiago Silva, do Brasil, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

Soberano na zaga do Brasil, o defensor deu a volta por cima após as muitas críticas que sofreu depois da Copa do Mundo de 2014 e hoje é um dos pilares da seleção de Tite. Além das grandes atuações ao lado de Miranda, ajudou com um gol diante da Sérvia.

Yerry Mina (zagueiro)

Mina, da Colômbia, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
FIFA/ Divulgação
Mina, da Colômbia, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

A Colômbia não teve Mina no primeiro jogo e perdeu do Japão. O zagueirão entrou nas duas partidas seguintes, o time venceu ambas (contra Polônia e Senegal) e, ainda por cima, com gol de cabeça do ex-palmeirense nos dois jogos. Não só pelos gols decisivos, mas também pelas atuações seguras que teve, ganhando quase tudo pelo alto.

Jesus Gallardo (lateral esquerdo)

Jesus Gallardo, do México, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
FIFA/ Divulgação
Jesus Gallardo, do México, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

Os mexicanos avançaram às oitavas de final em um grupo complicado, que tinha a campeã Alemanha, e o lateral esquerdo teve boa atuação defensiva nas três partidas. Até mesmo quando o time perdeu da Suécia.

N'Golo Kanté (volante)

Kanté, da França, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
Reprodução
Kanté, da França, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

Se a França não empolgou seu torcedor na fase de grupos com um futebol brilhante, pelo menos se destacou na marcação. E um dos grandes responsáveis pela defesa bastante segura foi o incansável volante Kanté, sempre eficiente e roubador de bolas.

Luka Modric (meio-campista)

Modric, da Croácia, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
Divulgação/Fifa
Modric, da Croácia, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

Um dos grandes responsáveis pela campanha 100% da Croácia foi, sem dúvidas, o meia Modric, camisa 10 e craque do time. Com dois gols, incluindo o golaço contra a Argentina, ele comandou o meio de campo ofensivo da sua seleção e demonstrou toda qualidade técnica que dele se espera.

Philippe Coutinho (meio-campista)

Philippe Coutinho, do Brasil, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
FIFA/ Divulgação
Philippe Coutinho, do Brasil, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

O torcedor brasileiro esperava ver Neymar brilhando na Copa do Mundo, mas vem se rendendo a Philippe Coutinho. Ele já anotou dois gols importantes, contra Suíça e Costa Rica, e ainda deu uma assistência bilhante para Paulinho marcar diante da Sérvia

Cristiano Ronaldo (atacante)

Cristiano Ronaldo, de Portugal, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
FIFA/ Divulgação
Cristiano Ronaldo, de Portugal, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

Apesar de ter perdido uma penalidade e complicado a partida decisiva diante do Irã, CR7 se destacou na primeira fase do Mundial. Foram três gols no clássico ibérico contra a Espanha na estreia e um tento decisivo diante de Marrocos, garantindo a seleção portuguesa nas oitavas de final.

Romelu Lukaku (atacante)

Lukaku, da Bélgica, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
FIFA/ Divulgação
Lukaku, da Bélgica, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

Tudo bem que o grupo da Bélgica tinha as modestas seleções de Tunísia e Panamá, mas atacante está em campo para fazer gols, independente da qualidade do adversário. E Lukaku deu as caras marcando dois gols diante desses rivais, sendo poupado do último jogo da chave contra a Inglaterra.

Harry Kane (atacante)

Harry Kane, da Inglaterra, integrante da seleção da fase de grupos da Copa
FIFA/ Divulgação
Harry Kane, da Inglaterra, integrante da seleção da fase de grupos da Copa

O "Furacão" inglês teminou a primeira fase como artilheiro da Copa, com cinco gols. Dois deles na difícil estreia contra a Tunísia e outros três diante do Panamá. Assim como Lukaku, Kane foi poupado na última rodada da chave G para chegar bem às oitavas de final.

Menções honrosas

Obviamente que muitos outros jogadores se destacaram e poderiam integrar a seleção da fase de grupos da Copa do Mundo. Por isso, deixamos algumas menções honrosas a nomes que também foram bem demais até aqui.

Leia também: Paulinho e Thiago Silva ajudam Brasil a igualar marca da Alemanha em Copas

Rakitic, da Croácia
DIMITAR DILKOFF / AFP
Rakitic, da Croácia

Guillermo Ochoa (goleiro) - O mexicano fechou o gol contra Alemanha e Coreia do Sul, sendo o arqueiro que mais fez defesas na Copa, com 15.

Andreas Granqvist (zagueiro) - A Suécia passou de fase o zagueiro teve uma importante participação na campanha, já que fez dois gols e ainda se destacou com roubadas de bola e jogadas aéreas defensivas.

José Gimenez (zagueiro) - A seleção uruguaia não foi vazada nos três jogos da primeira fase. E Gimenez ainda fez um gol decisivo, na estreia vitoriosa diante do Egito.

Héctor Herrera (meio-campista) - Controlou o meio de campo da seleção mexicana de uma forma impressionante. Eficiente na distrubuição de jogo e no preenchimento dos espaços, dando equilibrio à equipe de Osorio.

Ivan Rakitic (meio-campista) - Ele poderia muito bem ter entrado na seleção da primeira fase ao lado do companheiro Modric, mas fica só como uma menção honrosa.

Denis Cheryshev (meio-campista) - O russo fez três gols na Copa do Mundo e vem se destacando pela seleção da casa.

Diego Costa (atacante) - Foram dois gols na estreia contra Portugal e um tento decisivo na vitória contra o Irã. O brasileiro naturalizado espanhol fez bem seu papel na primeira fase do Mundial.

Leia também: O choro deles não será o nosso, para tristeza dos críticos de Neymar

E você, internauta? Concorda com a  seleção da fase de grupos da Copa do Mundo que o iG escalou? Deixe sua mensagem no campo de comentários abaixo.

    Leia tudo sobre: Futebol