Tamanho do texto

A Copa do Mundo de 1998 contou com seis gols contra; somente até o 14º dia do Mundial de 2018, foram oito

O russo Denis Cheryshev marcou um gol contra durante a partida diante do Uruguai
Reprodução
O russo Denis Cheryshev marcou um gol contra durante a partida diante do Uruguai

Em uma quarta-feira com jogo decisivo da seleção brasileira e eliminação
surpreendente da atual campeã mundial Alemanha, um detalhe quase foi esquecido. A
Copa do Mundo 2018 se tornou a edição com recorde de gols contra na história. Edson
Alvarez se confundiu todo e marcou para a Suécia na derrota do México, por 3 a 0, no
Estádio Central, em Ecaterimburgo, pela 3ª e última rodada do Grupo F. Logo depois,
Sommer, goleiro da Suíça, viu a bola bater em suas costas após pênalti cobrado por
Bryan Ruiz. Com mais estes dois, a Copa 2018 chegou a oito gols contra, marca que supera o antigo recorde do Mundial da França, em 1998.

Leia também: Marcelo machuca as costas e chora ao deixar jogo do Brasil com apenas 8 minutos

A anfitriã Rússia, aliás, ajudou neste nada agradável recorde de gols contra . Cheryshev, destaque russo na Copa 2018, fez um dos gols da vitória do Uruguai, por 3 a 0, no Grupo A. O egípcio Ahmed Fathi, por sua vez, também jogou contra o patrimônio na derrota para a própria Rússia, por 3 a 1.

Leia também: 'Canarinho pistola' da CBF vira coxinha recheada com frango e 'catupiródio'

O marroquino Aziz Bouhaddouz foi outro a fazer gol contra no tropeço ante o Irã (1 a
0). A Austrália entrou na lista com o gol contra de Aziz Behich na derrota para a França
(2 a 1). Oghenekaro Etebo, da Nigéria, jogou contra o patrimônio na derrota para a
Croácia (2 a 0). O mesmo aconteceu com Thiago Cionek no tropeço da Polônia contra
Senegal (2 a 1).

Leia também: Maradona pede desculpas após passar mal no estádio durante partida da Argentina

Consequência do erro!

Uruguai x Rússia contribuíram para o recorde de gols contra da Copa 2018
FIFA/ Divulgação
Uruguai x Rússia contribuíram para o recorde de gols contra da Copa 2018

A atual edição do torneio da FIFA supera a Copa da França que ostenta seis gols contra.
Já no Mundial do Brasil aconteceram cinco gols contra. Em 1954 e 2006 foram quatro
cada. Enquanto isso, só as edições de 1934, 1958, 1962 e 1990 não tiveram gol contra.
A lista tem 34 países com, ao menos, um gol contra em Copas. Em 21 edições, as Copas
do Mundo registram 49 gols contra.

O México assumiu a liderança com quatro gols contra em Copas, superando Espanha e
Bulgária com três cada. Marrocos, Austrália, Nigéria, Holanda, Coreia do Sul, Sérvia,
Portugal e, agora, Suíça são as outras seleções com mais de um gol contra em Mundiais.
No caso da Sérvia, o recorde de gols contra foi anotado na época da Iugoslávia. A Sérvia, de acordo com os critérios da FIFA, herdou o histórico da Iugoslávia e da Sérvia e Montenegro em Mundiais.