Tamanho do texto

Japoneses precisam de um ponto contra os eliminados poloneses, mas podem avançar até com derrota; senegaleses também podem empatar para passar, já colombianos devem ir pra cima pela vitória e vaga nas oitavas

Depois de 13 dias de Copa do Mundo , chegou a vez do Grupo H ser defidido. A partir das 11h, no horário de Brasília, desta quinta-feira, o Japão encara a já eliminada Polônia , em Volgogrado, em busca de uma vaga nas oitavas, enquanto Senegal e Colômbia jogam pela classificação em Samara. Quem passar em primeiro, pega o segundo do Grupo G, e quem passar em segundo, o primeiro.

Leia também: Inglaterra e Bélgica disputam liderança em possível confronto de artilheiros

Honda se tornou maior goleador do Japão em Copas do Mundo; Lewandowski quer desencantar pela Polônia
Divulgação/Fifa.com
Honda se tornou maior goleador do Japão em Copas do Mundo; Lewandowski quer desencantar pela Polônia

O Japão começou a Copa com uma vitória sobre a Colômbia por 2 a 1 e um empate contra Senegal por 2 a 2. Com quatro pontos, pode se classificar até empatando, já que até aqui lidera o grupo pelos critérios de desempate. A Polônia, que chegou à Copa como cabeça de chave, perdeu as duas primeiras partidas - para Senegal por 2 a 1 e para Colômbia por 3 a 0 - e acabou eliminada por antecipação.

Apesar de poder empatar, o capitão japonês Makoto Hasede não pensa em outro resultado além da vitória: "Ainda não conseguimos nada. Quando entramos em campo temos que pensar em vencer. Você não vai conseguir o resultado quando espera que um empate seja suficiente", disse em coletiva.

Conforme disse Hidetoshi Suzuki, repórter correspondente do Japão para o site da Fifa, os Samurais Azuis jogarão pelos três pontos e o técnico Akira Nishino deve repetir a mesma escalação dos jogos anteriores. Honda, responsável pelo gol de empate contra Senegal, continuará do banco. Se perder, o Japão torce para que o outro jogo não termine empatado.

Pelo lado polonês, a ideia é a mesma que de outras seleções que começaram a Copa com duas derrotas: não se despedir sem pontuar. A principal arma, é claro, é Robert Lewandowski, artilheiro nas Eliminatórias Europeias, mas que ainda não balançou as redes na Rússia.

Caso não vença, a Polônia terá seu pior desempenho em uma Copa do Mundo. Em 2002 e 2006, a seleção europeia também perdeu as duas primeiras, mas conseguiu vencer na terceira rodada. O técnico Adam Nawałka deve realizar algumas mudanças, entre elas, Lukasz Fabianski no lugar de Wojciech Szczesny.

Leia também: Brasil vence a Sérvia, garante liderança e encara o México nas oitavas de final

Ficha técnica de Japão x Polônia (Grupo H)

Data: Quinta-feira, 28 de junho, às 11h (horário de Brasíilia)
Local: Arena de Volgogrado
Árbitro: Janny Sikazwe (ZAM)
Prováveis escalações

Japão - Eiji Kawashima, Hiroki Sakai, Maya Yoshida, Gen Shoji e Yuto Nagatomo; Makoto Hasebe e Gaku Shibasaki; Genki Haraguchi, Shinji Kagawa e Takashi Inui; Yuya Osako. Técnico: Akira Nishino.

Polônia - Lukasz Fabianski, Lukas Piszczek, Kamil Glik e Jan Bednarek; Bartosz Bereszynski, Grzegorz Krychowiak, Jacek Goralski e Maciej Pybus; Piotr Zielinski, Robert Lewandowski e Kamil Grosicki. Técnico: Adam Nawałka.

Leia também: Tite aprova evolução do Brasil, mas reconhece que a seleção "tem mais a crescer"

Senegal joga pelo empate e Colômbia precisa da vitória

Mané e James Rodríguez vestem a camisa 10 e são os craques de Senegal e Colômbia, respectivamente
Divulgação/Fifa.com
Mané e James Rodríguez vestem a camisa 10 e são os craques de Senegal e Colômbia, respectivamente

Senegal começou a Copa dando a primeira vitória para seleções africanas com um 2 a 1 sobre a Polônia. Na segunda rodada, empatou com o Japão por 2 a 2 e encaminhou a classificação, por isso, precisa de um ponto para avançar. A Colômbia, perdeu por 2 a 1 para os japoneses na estreia e venceu e eliminou a Polônia por 3 a 0, mas só a vitória a garante nas oitavas.

A principal preocupação de Senegal será a bola aérea, que falhou contra os japoneses. Isso o técnico Aliou Cissé precisará ajustar, já que do outro lado estarão atacantes de qualidade como Falcao Garcia e James Rodríguez. O jogo senegalês deve ser na base dos contra-ataques, estilo que garantiu a vitória sobre a Polônia.

Já que o Senegal precisa apenas de um ponto para avançar, o ritmo de jogo da partida deve ser ditado pela Colômbia. Para isso, conforme informou Alejandra Rueda, repórter correspondente do site da Fifa, Os Cafeteros devem ficar com a bola a maior parte dos 90 minutos.

Expulso na partida inicial contra o Japão, Carlos Sánchez deve retornar ao time titular e o trio formado por Cuadrado, Quintero e James será o responsável por tentar causar problemas para a defesa dos Leões de Teranga. Vale ressaltar que se esta partida terminar tudo igual e o Japão perder, as duas seleções se classificam.

Ficha técnica de Senegal x Colômbia (Grupo H)

Data: Quinta-feira, 28 de junho, às 11h (horário de Brasíilia)
Local: Arena Samara
Árbitro: Milorad Mažić (SRB)
Prováveis escalações:

Senegal - Khadim N'Diaye, Youssouf Sabaly, Kalidou Koulibaly, Salif Sane e Moussa Wagué; Cheikhou Kouyate, Alioune N'Diaye e Idrissa Gueye; Sadio Mané, Mbaye Niang e Ismaila Sarr. Técnico: Aliou Cissé.

Colômbia - David Ospina, Santiago Arias, Davinson Sanchez, Yerry Mina e Johan Mojica; Mateus Uribe, Carlos Sánchez, Juan Cuadrado, Juan Quintero e James Rodriguez; Radamel Falcao. Técnico: José Pékerman.

Leia também: Suíça empata com a Costa Rica, assegura vaga e agora pega a Suécia nas oitavas

Com a Polônia já eliminada, quem você acha que se classifica para a próxima fase da Copa do Mundo? Japão , Senegal ou Colômbia. Comente abaixo.

    Leia tudo sobre: futebol