Tamanho do texto

Goleadores Harry Kane e Lukaku podem se encontrar em campo a partir das 15h; Panamá e Tunísia se despedem da Copa do Mundo querendo pontuar

Inglaterra confia em Harry Kane, autor de cinco gols nesta Copa; Lukaku anotou quatro pela Bélgica
Divulgação/Fifa.com
Inglaterra confia em Harry Kane, autor de cinco gols nesta Copa; Lukaku anotou quatro pela Bélgica

As seleções de Inglaterra e Bélgica se enfrentam no Estádio Kaliningrado a partir das 15h desta quinta-feira (28), no horário de Brasília, para decidirem qual das duas será a líder do Grupo G da Copa do Mundo. As duas equipes chegam à rodada final da fase de grupos do Mundial empatadas em número de pontos, saldo de gols, gols marcados e gols sofridos. Em caso de empate, a liderança da chave será decidida no quesito disciplinar (onde os ingleses levam vantagem até aqui).

Leia também: Japão enfrenta Polônia pelo empate; Senegal e Colômbia jogam pela outra vaga

Além da liderança, o confronto entre Inglaterra e Bélgica  pode ter ainda uma disputa particular entre Harry Kane e Lukaku na busca pela artilharia da Copa do Mundo. O atacante inglês já foi às redes cinco vezes nos dois primeiros jogos de sua equipe, enquanto Lukaku marcou quatro gols e está empatado na vice-artilharia com Cristiano Ronaldo.

O encontro dos dois, no entanto, não é garantido. Os dois técnicos planejam levar a campo times mistos, embora tanto Roberto Martínez quanto Gareth Southgate tenham pregado ao longo da semana que irão encarar a partida com seriedade e em busca da vitória

As seleções europeias já se encontraram duas vezes em mundiais e o drama esteve presente em ambas ocasiões. Primeiro em 1954, num épico empate em 4 a 4. Já em 1990, belgas e ingleses se encontraram nas oitavas de final e mantiveram o 0 a 0 no placar até os instantes finais do segundo tempo da prorrogação, quando o meia David Platt encontrou um gol salvador para classificar a Inglaterra.

Leia também: Tite aprova evolução do Brasil, mas reconhece que a seleção "tem mais a crescer"

Ficha técnica de Inglaterra e Bélgica (Grupo G)

Data: Quinta-feira, 28 de junho, às 15h (horário de Brasíilia)
Local: Estádio Kaliningrado
Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)
Prováveis escalações

Inglaterra  - Pickford; Jones, Stones e Cahill; Alexander-Arnold, Loftus-Cheek, Dier, Lingard e Danny Rose; Rashford e Harry Kane. Técnico: Gareth Southgate.

Bélgica - Courtois; Vermaelen, Boyata e Alderweireld; Dembele, Fellaini, Chadli, Thorgan Hazard e Tielemans; Hazard e Batshuayi. Técnico: Roberto Martínez.

Panamá e Tunísia querem se despedir do Mundial com vitória

Seleções de Panamá e da Tunísia se enfrentarão pela primeira vez na história nesta quinta-feira
Divulgação/Fifa.com
Seleções de Panamá e da Tunísia se enfrentarão pela primeira vez na história nesta quinta-feira

Depois de surpreender a Inglaterra, mas perder, e levar uma goleada da Bélgica, a Tunísia quer se despedir da Copa do Mundo com ao menos uma vitória no Grupo G. E a grande chance aparece justamente nesta terceira rodada, quando enfrenta o Panamá, estreante no Mundial e tida como uma das seleções mais frágeis da competição.

Na estreia contra a Inglaterra, os tunisianos sofreram por abordar uma postura mais cautelosa. As mudanças contra a Bélgica, porém, também não surtiram efeito e o time ofensivo ficou frágil na defesa, levando cinco gols. Contra o Panamá, o técnico Nabil Maaloul deve continuar com seu time no ataque.

Se um simples gol na derrota por 6 a 1 para a Inglaterra já trouxe muita alegria e orgulho para a torcida do Panamá, uma vitória contra a Tunísia será algo bem além do esperado. Por isso, mais solto com a definição do grupo, espera-se que o time panamenho também se arrisque mais no ataque.

Desta forma, por mais que o confronto coloque frente a frente duas seleções eliminadas e a maior parte dos fãs de futebol estejam mais ansiosos para ver Inglaterra e Bélgica , o placar da Arena Mordovia promete sair do zero. A festa dos torcedores nas arquibancadas também pode ser um show a parte.

Ficha técnica de Panamá e Tunísia (Grupo G)

Data: Quinta-feira, 28 de junho, às 15h (horário de Brasíilia)
Local: Arena Mordovia, em Saransk
Árbitro: Nawaf Shukralla (Bahrein)
Prováveis escalações

Panamá - Penedo, Román Torres, Fidel Escobar, Eric Davis e Murillo; Gabriel Gomez, Anibal Godoy, Armando Cooper, Barcenas e José Luis Rodriguez; Blas Perez. Técnico: Hernan Dario Gomez.

Tunísia - Aymen Mathlouthi; Yassine Meriah, Syam Ben Yousef, Dylan Bronn, Oussama Haddadi; Skhiri, Anice Badri e Sassi; Ben Youssef, Wahbi Khazri e Naim Sliti. Técnico: Nabil Maaloul.

Leia também: Internet explode em memes após eliminação da Alemanha; veja os melhores aqui

    Leia tudo sobre: futebol