Tamanho do texto

Atuais campeões jogam mal e perdem para a Coreia do Sul, enquanto suecos derrotaram mexicanos e as duas se classificaram em primeiro no Grupo F

O que pouca gente esperava aconteceu: a Alemanha caiu na primeira fase da Copa do Mundo . Atual campeã mundial, a seleção alemã foi superada pela Coreia do Sul , nesta quarta-feira, na última rodada do Grupo F , por 2 a 0, e terminou na quarta posição da chave. Assim, Suécia e México avançam, já que os suecos venceram os mexicanos por 3 a 0, no mesmo momento, e terminaram na liderança.

Leia também: Internet explode em memes após eliminação da Alemanha; veja os melhores aqui

Suécia venceu o México por 3 a 0 e se garantiu em primeiro lugar do Grupo F
Divulgação/Fifa
Suécia venceu o México por 3 a 0 e se garantiu em primeiro lugar do Grupo F

O jogo entre Suécia e México foi muito animado. Os suecos começaram o dia em terceiro no grupo e precisavam vencer para avançarem. Por este motivo foram para cima dos mexicanos, que haviam vencido as duas primeiras partidas e precisavam apenas do empate. Augustinsson, Granqvist, de pênalti, e Edson Álvarez, contra, marcaram os gols da Suécia, todos no segundo tempo.

Já na outra partida, a Alemanha começou classificada, mas demonstrou nervosismo em muitos momentos. Apenas tocou a bola, rodou e não conseguiu marcar. No segundo tempo, quando a Suécia vencia e eliminava os alemães, eles foram para cima, mas sem conseguir agredir. Em certo momento, o goleiro sul-coreano precisou aparecer para evitar o gol de Goretzka. Já no final, Kim Young-Gwon marcou com confirmação do árbitro de vídeo. Neuer passou a jogar de líbero e aos 50 minutos, pagou o preço. Son foi lançado, saiu sozinho, sem goleiro e nenhuma marcação e empurrou para o gol. Sacramentando a eliminação da atual campeã mundial na primeira fase.

Coreia do Sul x Alemanha

Alemanha perde para a Coreia do Sul e cai na primeira fase da Copa do Mundo
Divulgação/Fifa
Alemanha perde para a Coreia do Sul e cai na primeira fase da Copa do Mundo

A primeira chegada perigosa da partida foi dos sul-coreanos, mas após Lee Yong fazer boa jogada, a zaga alemã chegou antes de Son Heung-Min conseguir finalizar. Aos 16 minutos, Kroos cobrou falta para Ozil, que cruzou na área na direção de Sule, mas o goleiro Jo Hyeon-Woo se antecipou para evitar ginalização de Goretzka.

Aos 18 minutos, Jung cobrou falta direto para o gol quando todos esperavam cruzamento. Neuer tentou encaixar, mas a bola escapou e ele precisou se esticar para evitar que Son finalizasse. Aos 24 minutos, nova chance para os sul-coreanos. Lee Yong cruzou, a zaga tentou o corte e Son pegou a sobra, mas o chute saiu muito forte e por cima.

Aos 38 minutos, Werner teve chance de finalizar após tabelar com Ozil, mas Kim Young-Gwon travou no exato momento. Logo depois, após cobrança de escanteio, a bola ficou viva na área, Hummels dominou, driblou dois coreanos e bateu, mas em cima da defesa.

Werner chegou a acertar a trave aos 42 minutos, mas o lance estava parado, pois o árbitro assinalou falta de Hector em Lee Jae-Sung. Aos 47 minutos, Son conseguiu aplicar lindo drible sobre Sule e chutou, mas a bola saiu ao lado. Foi o último lance da primeira etapa.

Marcos Reus lamenta, enquanto sul-coreanos comemoram ao fundo
Divulgação/Fifa
Marcos Reus lamenta, enquanto sul-coreanos comemoram ao fundo

Logo aos dois minutos dos 45 finais, Kimmich cruzou da direita e Goretza subiu sozinho para testar firme, no canto direito, mas o goleiro Jo Hyeon-Woo saltou para defender de forma espetacular. Aos cinco, após cruzamento da esquerda, Werner chutou de primeira, mas mandou pelo lado.

Um minuto depois, Son recebeu lançamento, dominou e avançou, mas, sem ângulo, mandou para fora. O jogador do Tottenham teve nova chance aos 17 minutos, mas mandou novamente por cima do gol. Aos 20 e aos 22, duas boas chances, uma para para os sul-coreanos e outra para alemães.

A primeira foi em rápido contra-ataque em que Moon Seon-Min recebeu na área, limpou o marcador, mas, ao invés de chutar, tentou novo drible e perdeu. Logo depois, Mario Gómez cabeceou sozinho e Jo Hyeon-Woo ficou com a bola. Aos 26, Gómez apareceu bem novamente para tentar finalizar, mas a zaga travou.

Aos 33, a Coreia teve nova chance com seu principal jogador, mas Son chutou ao lado do gol de Neuer. Quatro minutos depois, Reus arriscou chute de longe, a bola pegou efeito, mas foi para fora. Aos 38, após troca de passe, a bola sobrou para Toni Kroos, que chutou por cima.

Mario Gomez se lamenta após eliminação alemã
Divulgação/Fifa
Mario Gomez se lamenta após eliminação alemã

Três minutos depois, nova chance perdida da Alemanha. Ozil cruzou bem com a perna esquerda e Hummels não conseguiu cabecear, a bola bateu no ombro, e foi para fora. Aos 42, Kroos pegou bola da entrada da área e bateu rasteiro, novamente o goleiro sul-coreano defendeu.

Aos 46 minutos, Kim Young-Gwon desviou para o gol, o árbitro revisou o lance no vídeo e validou o tento na sequência. A Alemanha foi pra cima com tudo, sendo que Neuer estava no meio-campo, e aos 50 minutos, a Coreia aproveitou contra-ataque e Son saiu sozinho, sem contestação, e empurrou para o fundo do gol. Afundando a Alemanha, atual campeã mundial.

Leia também: Argentina marca aos 40 do segundo tempo e encerra drama; Croácia lidera

México x Suécia

Mexicanos lamentaram gols suecos, mas, desta vez, conseguiram se classificar. Assim, Suécia e México estão na próxima fase
Divulgação/Fifa
Mexicanos lamentaram gols suecos, mas, desta vez, conseguiram se classificar. Assim, Suécia e México estão na próxima fase

A partida em Ecaterimburgo começou agitada e logo aos 15 segundos Gallardo recebeu cartão amarelo, o mais rápido da história das Copas. A primeira chegada da partida veio na sequência. Larsson cobrou falta para a área, Berg cebeceou para o meio, mas Granqvist furou a finalização.

Aos cinco minutos, Forsberg cobrou falta do lado esquerdo direto para o gol e Ochoa fez grande defesa. Nova chance para os suecos aos 11 minutos. Granqvist ganhou de cabeça, Berg finalizou meio sem equilíbrio dentro da pequena área e a bola passou muito próxima da trave de Ochoa.

Cinco minutos depois, o México chegou pela primeria vez. A Suécia errou na saída de bola, Lozano tocou para Carlos Veja, o camisa 11 bateu de chapa, no canto, mas novamente a bola passou raspando a trave. Aos 17, a Suécia perdeu outra chance. Após cruzamento, Forsberg apareceu sozinho para finalizar, mas mandou por cima. Ele estava soziho.

Aos 27 minutos, lance polêmico: pedido de pênalti da Suécia, o árbitro olhou o vídeo, mas não marcou, dando apenas escanteio. Após a cobrança, a bola ficou viva na área para Berg finalizar da pequena área, mas Ochoa fez um milagre e evitou o gol sueco.

Aos 32 minutos, Claesson fez grande jogada pela direita, cruzou em busca de Forsberg, que pegou de primeira, mas mandou longe do gol. Cinco minutos depois, Chicharito recebeu na meia-lua, fez que ia chutar, mas preferiu o passe. Na sequência, a Suécia recuperou a bola.

O México chegou mais uma vez logo na sequência, com Vela, que recebeu na direita, puxou para a perna esquerda e bateu, a bola, no entanto, subiu demais e saiu. A última chance do primeiro tmepo foi aos 46 minutos, da Suécia. Em contra-ataque, Berg invadiu a área, arrumou o corpo e soltou a bomba. A bola bateu na rede, mas pelo lado de fora.

Assim como foi em grande parte do primeiro tempo, a Suécia começou melhor o final. E logo aos quatro minutos, após Claesson errar um chute sozinho, a bola sobrou para Augustinsson, que bateu de primeira para o fundo do gol. Ochoa chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar.

Jogadores suecos comemoram: eles ficaram em primeiro no grupo que tinha a Alemanha
Divulgação/Fifa
Jogadores suecos comemoram: eles ficaram em primeiro no grupo que tinha a Alemanha

Dois minutos depois, Toivonen rolou para o meio da área e Forsberg, da meia-lua, pegou muito embaixo e mandou por cima. Logo depois, Guardado tentou responder, mas também chutou por cima. Depois de perder duas chances consecutivas, Moreno deu carrinho em Berg dentro da área e o árbitro assinalou pênalti.

Granqvist foi para a cobrança e mandou no ângulo, sem chances para Ochoa e aumentou a vantagem sueca. O México voltou a ter chances aos 24 minutos em cobrança de falta de Fabián que Chicharito cabeceou, mas ele mandou por cima.

Seis minutos mais tarde, México chegou pela direita com Corona, a bola desviou e sobrou para Chicharito. Ele desviou, mas Olsen salvou. O lance estava parado por impedimento. Aos 35, Corona passou para Chicharito, que dominou e bateu cruzado, Vela desviou e a bola saiu para fora. Grande chance perdida.

O México tentou chegar mais duas vezes, mas não conseguiu marcar e aos 49 minutos o árbitro apitou o fim da partida. Para festa de suecos, que avançam em primeiro. O México, graças à vitória da Coreia do Sul, passaram na segunda colocação.

Leia também: Árbitro que ignorou falta em Miranda na estreia estará no VAR de Brasil e Sérvia

The🏆holders, are out. 🇩🇪 #WorldCup #Germany #shock 📸 @catherineivill

Uma publicação compartilhada por FIFA World Cup (@fifaworldcup) em

Suécia e México , então, avançam às oitavas e agora aguardam a decisão do Grupo E para saber quem irão enfrentar. Brasil, Suíça e Sérvia são as seleções com chances de classificação. Jogos acontecem às 15h desta quarta.

    Leia tudo sobre: futebol