Tamanho do texto

Ídolo do futebol argentino deu um susto na torcida depois de aparecer em vídeo no qual passa mal e recebe atendimento médico

Ex-jogador de futebol Diego Maradona precisou de atendimento médico após partida da Argentina na Copa
Reprodução
Ex-jogador de futebol Diego Maradona precisou de atendimento médico após partida da Argentina na Copa

Depois de ter passado mal no fim da partida entre Argentina e Nigéria, pela última rodada do Grupo D da Copa do Mundo , o ex-jogador Diego Armando Maradona disse que "está bem, se recuperando". O ídolo do futebol argentino ganhou os holofotes na mídia esportiva após aparecer sendo carregado para uma sala privativa do camarote onde assistia ao jogo.

Leia também: Argentina marca aos 40 do segundo tempo e encerra drama; Croácia lidera

"Estou bem, não fiquei internado. No intervalo da partida, estava com uma dor na nuca e tive uma descompensação. Um médico me atendeu e me aconselhou a voltar para casa antes do segundo tempo. Mas eu quis ficar porque estávamos jogando por todos. Como eu poderia ir embora?", disse  Maradona . "Mando um beijo a todos, perdão pelo susto", escreveu o ex-jogador em suas redes sociais.

Leia também: Sampaoli perde poder e jogadores vão decidir quem serão titulares da Argentina

Assista o vídeo de Maradona passando mal em São Petersburgo:


Leia também: Polícia encontra corpo do fã de Messi que havia sumido e deixado carta suicida

Aos 57 anos de idade, Maradona passou mal no camarote Arena Zenit, em São Petersburgo, onde a Argentina enfrentava a Nigéria pelo grupo D da Copa 2018 . Os argentinos conseguiram uma classificação para as oitavas de final de maneira dramática, com um placar de 2 a 1, mas com o segundo gol marcado nos últimos minutos da partida. O empate eliminava a seleção sul-americana do torneio.

Maradona  se transformou em um dos principais personagens dos jogos da Argentina na Copa. As reações do argentino durante os duelos são exibidas a todo momento pela geradora de imagens da Copa. O craque já apareceu, fumando charuto, rezando, dançando e até tirando um cochilo durante os jogos.

    Leia tudo sobre: futebol