Tamanho do texto

Seleção terá contra a Sérvia seu primeiro mata-mata na Copa, mas o Brasil precisa apenas de um empate para se garantir na próxima fase

Apesar de ainda estar na fase de grupos, o Brasil disputará nesta quarta-feira (27), contra a Sérvia , seu primeiro mata-mata na Copa do Mundo de 2018.

Leia também: 'Canarinho pistola' da CBF vira coxinha recheada com frango e 'catupiródio'

Torcedor durante a eliminação do Brasil na última Copa
Reprodução
Torcedor durante a eliminação do Brasil na última Copa

Isso porque uma derrota pode representar a eliminação da seleção pentacampeã mundial. Atualmente, o Brasil lidera o grupo E com quatro pontos, mesmo número da Suíça, mas com vantagem de 2 a 1 no saldo de gols.

No entanto, uma vitória levaria a Sérvia a seis pontos e deixaria a seleção de Tite na pendência do resultado de Suíça e Costa Rica, já eliminada - um simples empate derrubaria o Brasil para a terceira posição.

Caso Brasil e Suíça terminem empatados, seja na liderança, com sete pontos, seja em segundo e terceiro, com quatro (em caso de derrota dos dois), o primeiro critério de desempate é o saldo de gols.

Leia também: Tite anuncia Miranda como capitão e manutenção do time contra Sérvia

Se persistir a igualdade, é avaliado o número de gols marcados: Brasil e Suíça têm três cada um. Ou seja, para a seleção ser eliminada na fase de grupos, precisa perder para a Sérvia e que a Suíça pontue contra a Costa Rica, ou então perca por um placar inferior. Por exemplo, se o Brasil for derrotado por 2 a 0, e a Suíça, por 2 a 1, passam os europeus.

O terceiro critério de desempate é o confronto direto, mas as duas seleções empataram por 1 a 1 na primeira rodada. Caso o Brasil perca por 2 a 0 e a Costa Rica bata a Suíça por 1 a 0 (ou 3 a 0 e 2 a 0), a classificação será decidida no fair play.

Cartões amarelos valem um ponto; cartão vermelho por segundo amarelo, três; e vermelho direto, quatro. Passa para as oitavas de final aquele que tiver menos pontos.

Leia também: Primeiro 0 a 0 da Copa deixa França na liderança e garante Dinamarca nas oitavas

A seleção irá a campo com a mesma equipe que pegou a Costa Rica: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Willian, Philippe Coutinho e Neymar; e Gabriel Jesus. O Brasil joga pelo empate.

    Leia tudo sobre: Futebol