Tamanho do texto

Quaresma marcou um golaço de trivela para Portugal, mas Irã empatou com pênalti. Espanha e Marrocos empataram por 2 a 2 e europeus foram líderes

Tudo está definido no Grupo B da Copa do Mundo . Portugal e Espanha entraram como os grandes favoritos do grupo, confirmaram a superioridade e avançaram para a segunda fase da competição. No entanto, a classificação foi muito mais complicada do que muitos imaginavam. A seleção espanhola terminou com 5 pontos e foi a líder após o empate de 2 a 2 contra o Marrocos. A equipe lusa ficou com os mesmos 5 pontos e se classificou na segunda colocação após o empate por 1 a 1 contra o Irã.

Leia também: Tite esconde último treino da seleção antes de viagem para decisão contra Sérvia

Espanha x Marrocos
Divulgação/Fifa
Espanha x Marrocos

A Espanha até chegou a ficar atrás no placar. Iniesta e Sergio Ramos bobearam, Boutaib ficou com a bola e finalizou entre as pernas de De Gea para abrir ao placar. O empate saiu cinco minutos depois. O meia do Barcelona se redimiu, fez grande jogada e deixou com Isco, que finalizou com força e empatou a partida. Aos 35 do segundo tempo, Depois de cobrança de escanteio na área, En-Nesyri subiu mais do que Sergio Ramos e testou para o gol e marcou o segundo dos africanos. O empate saiu no finalzinho: depois de escanteio curto com velocidade, Carvajal cruzou para Aspas, que completou de letra e deixou tudo igual.

O gol de Portugal saiu após um golaço de Quaresma. O meia fez o que ele mais sabe, trouxe a bola para o meio e arriscou de trivela no ânguloadversário. Na segunda etapa, Cristiano Ronaldo sofreu pênalti, que só foi marcado com a ajuda do VAR. Ele mesmo foi para a cobrança, mas o goleiro iraniano acertou o canto e fez a defesa. No final da partida, o VAR foi utilizado novamente para marcar pênalti para o Irã. Ansarifard cobrou com imensa categoria, no ângulo, e empatou o jogo.

Espanha x Marrocos

A seleção espanhola começou a partida no seu melhor estilo, com toque de bola envolvente. Aos 10 minutos, David Silva recebeu na direita, foi até a linha de fundo e cruzou na direção de Iniesta. O meia do Barcelona, que estava sem marcação, até tentou se esticar, mas a bola passou por cima e o jogador não conseguiu alcançar.  

O Marrocos apostava na defesa sólida e nos contra-ataques em velocidade. E foi exatamente assim que eles abriram o placar aos 13 minutos. Depois de erro de Iniesta e Sergio Ramos na tentativa de sair jogando e não fazer um lançamento direto, Boutaib ficou com a bola no meio de campo e partiu na direção do gol. Cara a cara com de Gea, o marroquino foi calmo por tocar entre as pernas do goleiro e marcar o primeiro gol da seleção na Copa do Mundo.

No entanto, a vantagem do Marrocos não durou muito tempo. Cinco minutos depois, a Espanha chegou ao ataque fazendo o que sabe de melhor. Após triangulação, Iniesta entrou na área passou pela marcação e tocou atrás para Isco. o meia esperou o goleiro definir o canto para finalizar com força e estufar a rede. Grande troca de passes da equipe europeia.

Isco marcou o primeiro da Espanha contra Marrocos
FIFA/ Divulgação
Isco marcou o primeiro da Espanha contra Marrocos

O Marrocos teve uma chance de retomar a liderança aos 24 minutos. A defesa da espanha bobeou e Boutaib recebeu lateral longo e entrou sozinho na área. Na hora de finalizar, o atacante chutou em cima de De Gea, que saiu bem do gol e fechou o ângulo.

O primeiro tempo continuou sem nenhuma chance boa das duas equipes, mas a segunda etapa começou frenética. Aos 5 minutos, De Gea teve que sair de soco e tirar a bola dos pés do atacante marroquino, que entrava sozinho na área. 

Aos 9 minutos, Amrabat arriscou um chute de muito longe, a bola fez uma curva incrível e explodiu no travessão espanhol. Sete minutos depois, foi a vez de Isco subir mais do que a zaga de Marrocos e cabecear para o gol. A bola já tinha passado do goleiro, mas o zagueiro de Marrocos tirou em cima da linha. No lance seguinte, Piqué conseguiu ganhar no alto após cobrança de escanteio, mas a finalização passou rente a trave e foi pela linha de fundo.

Aos 35, a bola só morreu no fundo da rede. Depois de cobrança de escanteio na área, En-Nesyri subiu mais do que Sergio Ramos e testou para o gol. Mesmo sem chances de classificação, o Marrocos surpreendeu a Espanha.

Quando tudo se encaminhava para a vitória africana, a Espanha foi muito inteligente, cobrou escanteio curto com velocidade e Carvajal cruzou para Aspas. O atacante completou de letra, mas o bandeira marcou impedimento. O árbitro foi consultar o VAR, demorou revendo o lance, mas voltou atrás e marcou o gol de empate da seleção espanhola.

Leia também: Real Madrid tem Hazard como plano B caso não consiga trazer Neymar ao clube

Portugal x Irã

Mesmo precisando de apenas um empate para se garantir na próxima fase, Portugal foi em busca da vitória para tentar terminar na primeiro colocação do grupo. A primeira chance saiu aos 8 minutos de partida. William Carvalho cruzou na área, o goleiro Beiranvand dividiu com próprio companheiro e abola sobrou com João Mário. O volante finalizou de fora da área, mas mandou sem perigo para o gol vazio.

Nos três minutos seguinter, o goleiro Beiranvand saiu mal duas vezes seguidas e Portugal quase tirou o zero do placar. No entanto, em ambas as ocasiões, a defesa iraniana estava bem posicionada para fazer o corte mesmo com as falhas do arqueiro.

Sem conseguir criar muito, o técnico  Fernando Santos, de Portugal, começou a ficar apreensivo perto do banco de reservar. Ele via o Irã conseguir armar boas jogadas de contra-ataque, mas pecavam no último passe para deixar o companheiro em excelente posição. Perto dos 35 minutos, a seleção asiática chegou por duas vezes dentro da área, mas a defeza consegiu desarmar e fazer o corte.

Aos 41 minutos, Quaresma recebeu na ponta direita, avançou para o meio e chutou do jeito que ele mais sabe: de trivela. A bola foi para fora, sem perigo, mas o meia estava apenas aquecendo.

Três minutos depois, o próprio Quaresma tabelou com Adrien Silva, que devolveu com o lado externo no pé, e o portugês resolveu arriscar novamente de trivela de fora da área. Com o pé mais calibrado, ele colocou a bola no ângulo do goleiro, que se esticou todo e não conseguiu chegar. Grande finalização do melhor jogador do mundo chutando de três dedos.

Quaresma e Cristiano Ronaldo
FIFA/ Divulgação
Quaresma e Cristiano Ronaldo


Portugal foi com a vantagem mínima para o intervalo, mas logo aos 4 minutos do segundo tempo, teve a chance clara de ampliar. Cristiano Ronaldo foi levando a bola para o meio, perto da linha da área e, depois de passar por dois, choca com defensor iraniano, desaba e pene pênalti.  O juiz manda não marca nada, mas paraliza a partida alguns instantes depois e aciona o VAR. depois de ver o replay, o árbitro apina penalidade máxima a favor dos lusos.

Criatiano Ronaldo teve nos seus pés a chance de assumir a artilharia da Copa do Mundo, mas Beiranvand acertou o canto e fez uma grande defesa. O goleiro se adiantou na hora do chute, mas passou dispercebido.

Goleiro do Irã pegou o pênalti de Cristiano Ronaldo
FIFA/ Divulgação
Goleiro do Irã pegou o pênalti de Cristiano Ronaldo

Aos 35 minutos, Cristiano Ronaldo se embolou com Pouraliganji na intermediária de ataque de Portugal e o jogador do Irã ficou caído com a mão no rosto. O árbitro paralizou a partida e foi ver o replay no VAR. O juiz analizou que o capitão de Portugal foi imprudente com o braço que atingiu o adversário, mas deu apenas o cartão amarelo, para o alívio do craque luso.

Faltando três minutos para o final do tempo regulamentar, Azmoun cabeceou a bola na mão de Cédric, já dentro da área portuguesa. Novamente o lance deixou dúvidas e o juiz foi consultar o VAR. Após ver o replay por muitas vezes, o pênalti foi marcado. Ansarifard cobrou pênalti com imensa categoria, no ângulo, e empatou o jogo.

No final da partida, os iranianos fizeram uma pressão imensa, chegaram até a finalizar na rede pelo lado de fora e quase marcar o gol da virada que daria a liderança do grupo ao país asiático. No entanto, não conseguiu marcar e acabou eliminado da competição.

Leia também: Uruguai bate a Rússia e garante liderança do Grupo A; sauditas viram sobre Egito

Com os resultados desta segunda-feira, a  Espanha terminou com 5 pontos e foi o líder do Grupo B. Assim, vai enfretar a Rússia nas oitavas de final. Portugal ficou com os mesmos 5 pontos e vai encarar o Uriguai na próxima fase, devido ao número de gols marcados. Irã terminou com 4 pontos e Marrocos ficou com apenas um. 

    Leia tudo sobre: Futebol