Tamanho do texto

Harry Kane marcou três gols e assumiu a artilharia da Copa do Mundo com cinco, deixando Cristiano Ronaldo e Lukaku com quatro cada

Harry Kane marcou três gols na goleada da Inglaterra sobre o Panamá
FIFA/ Divulgação
Harry Kane marcou três gols na goleada da Inglaterra sobre o Panamá

Sem qualquer dificuldade, a Inglaterra atropelou o Panamá na cidade de Nizhny Novgorod e enfiou 6 a 1, assumindo a liderança do Grupo G da Copa do Mundo e garantindo vaga antecipada às oitavas de final da competição. A goleada inglesa também classificou a Bélgica, enquanto panamenhos e tunisianos estão eliminados.

Leia também: Polícia encontra corpo do fã de Messi que havia sumido e deixado carta suicida

Inglaterra e Bélgica estão empatadas em tudo, rigorosamente. Ambas as seleções têm seis pontos conquistados, seis gols de saldo, oito tentos marcados e dois sofridos, mas os ingleses levam vantagem nos cartões amarelos: levaram só dois, enquanto os belgas tomaram três. 

Por isso, no duelo de líderes da próxima quinta-feira, às 15h (de Brasília), o time britânico precisa do empate para avançar como líder. Isso se não tomar mais amarelos que a Bélgica no confronto direto. No mesmo dia e horário, Panamá e Tunísia fazem um amistoso de luxo, já que não têm mais chance.

Passeio na Rússia

Inglaterra derrotou o Panamá por 6 a 1
FIFA/ Divulgação
Inglaterra derrotou o Panamá por 6 a 1

O massacre inglês começou logo aos oito minutos, quando Trippier bateu escanteio na cabeça do zagueiro Stones, que mandou para o fundo das redes. Depois de pressionar bastante em busca do segundo gol, ele saiu aos 22 minutos - Lingard foi derrubado por Escobar na área e Harry Kane soltou a bomba no ângulo para ampliar de pênalti.

O terceiro gol foi de Lingard. O meia-atacante recebeu na intermediária e finalizou com categoria, colocado, longe do alcance do goleiro Penedo, que voou para bola e não alcançou.

Soberana no duelo e sem dar qualquer chance aos panamenhos, a Inglaterra marcou o quarto aos 40 minutos. O time fez jogada ensaiada em batida de falta na frente da área, a cabeçada de Sterling parou em grande defesa de Penedo, mas Stones pegou o rebote para anotar seu segundo tento na partida.

Leia também: Federação da Alemanha se desculpa com Suécia por confusão

O atropelo seguiu aos 46 minutos. Stones foi agarrado na área após cobrança de escanteio e o árbitro egípcio Ghead Grisha anotou mais um pênalti a favor do English Team. Na cobrança, Harry Kane colocou mais uma vez no ângulo direito do goleiro do Panamá e ampliou, quinto gol inglês.

Mais gols no segundo tempo

Zagueiro Baloy, ex-Grêmio, marcou o primeiro gol de Panamá na história das Copas
FIFA/ Divulgação
Zagueiro Baloy, ex-Grêmio, marcou o primeiro gol de Panamá na história das Copas

A etapa final começou com o Panamá ficando um pouco mais com a posse de bola e chegando com mais frequência ao seu campo de ataque, o que praticamente não aconteceu na primeira metade do jogo. A Inglaterra tirou um pouco o pé do acelerador, mas aconteceram mais gols.

Sem forçar muito a barra, saiu o sexto. Loftus-Cheek arriscou finalização de fora da área, a bola desviou no calcanhar de Harry Kane e enganou o goleiro Penedo - a Fifa confirmou tento do camisa 9 inglês, que assumiu a artilharia da Copa do Mundo com cinco gols, contra quatro de Cristiano Ronaldo e Lukaku.

Aos 32 minutos, o Panamá diminuiu o prejuízo com o experiente zagueiro Baloy, que já defendeu as cores do Grêmio no Brasil, aproveitando cruzamento em falta batida por Avila. A torcida panamenha no estádio comemorou demais o primeiro gol do país na história da Copa, como se fosse o tento da vitória da sua seleção.

Leia também: Meia do Peru sofre pancada na cabeça durante o treino e é levado para hospital

FICHA TÉCNICA

INGLATERRA 6 x 1 PANAMÁ

Local : Nizhny Novgorod Stadium, em Nizhny Novgorod
Data : 24 de junho de 2018, domingo
Hora : 09h00 (de Brasília)
Árbitro : Ghead Grisha (EGI)
Assistentes : Redouane Achik (MAR) e Waleed Ahmed (SUD)
Cartões amarelos : Loftus-Cheek (ING); Cooper, Escobar, Murillo (PAN)

GOLS
ING: Stones, aos 8' e 40'; Kane, aos 22' e 46'; Lingard, aos 36' do 1º tempo; Kane, aos 17 do 2º tempo
PAN: Baloy, aos 32 do 2º tempo

PANAMÁ : Penedo, Murillo, R. Torres, Escobar e Davis; Gomez (Baloy), Cooper, Godoy (Avila), Rodriguez e Bárcenas (Arroyo); Blas Perez.  Técnico : Hernan Gomez

INGLATERRA : Pickford, Walker, Stones e Maguire; Trippier (Rose), Henderson, Loftus-Cheek, Lingard (Delph) e Young; Sterling e Kane (Vardy).  Técnico : Gareth Southgate

    Leia tudo sobre: Futebol