Tamanho do texto

Sérvia dominou o primeiro tempo e abriu o placar com Mitrovic, de cabeça. Na segunda etapa, a Suíça igualou com Xhaka e virou com Shaqiri

Em um jogo que as duas equipes poderiam terminar a segunda rodada na liderança do Grupo E da Copa do Mundo , cada uma dominou por 45 minutos. A Sérvia dominou o primeiro tempo e a Suíça pressionou no segundo e conseguiu a virada aos 45 minutos. Com o resultado, a seleção Brasileira assumiu a liderança e pode até sero primeiro colocado do grupo com um empate na última rodada. 

Leia também: Após vitória da Croácia contra Argentina, imprensa diz que Modric virou Messi

Xhaqiri celebra gol da Suíça sobre a Sérvia
FIFA/ Divulgação
Xhaqiri celebra gol da Suíça sobre a Sérvia

A Sérvia abriu o placar logo aos 4 minutos de partida. Após uma grande pressão inicial, Mitrovic fez uso da sua maior caracterísca e marcou de cabeça. No segundo tempo, Xhaka aproveitou uma bola que sobrou e mantou um chutaço com muito efeito. Aos 45 minutos, Shaqiri recebeu em profundidade, tocou na saída do goleiro, e sacramentou a virada da Suíça , a primeira da Copa do Mundo de 2018.

O jogo

Mesmo tendo ganhado a primeira partida e estando em uma boa posição no grupo, a Sérvia começou pressionando e criou três chances do gol nos primeiros quatro minutos.

Logo no primeiro lance da partida, Kolarov cobrou falta para a área. Ivanovic consegiu desviar para o meio, mas a zaga da Suíça consegue fazer o corte. Dois minutos depois, novo cruzamento da direita, mas dessa vez Mitrovic consegue ganhar pelo alto e Sommer foi obrigado a fazer linda defesa.

Logo no lance seguinte, Mitrovic não deu chances para Sommer. Tadic recebeu pela direita e novamente apostou no jogo aéreo. O atacante subiu bem, ganhou no alto, e testou para o fundo da rede. Logo nos quatro primeiros minutos de partida, foram três boas tentativas pelo alto.

Aos 13 minutos, a Sérvia percebeu o caminho das pedras. Novamente Mitrovic ganhou pelo alto, mas dessa vez o atacante não conseguiu acertar o alvo e a bola saiu por cima da meta de Sommer. Com confiança o centroavante ainda tentou uma bicicleta aos 18, mas também não conseguiu mirar no gol.

A primeira chance da Suíça saiu apenas aos 29 minutos. Seferovic recebeu grande passe de Zuber e se esticou para encostar na bola e finalizar na saída do goleiro. Stojkovic se esticou todo para fazer e defesa e espalmar para fora.

A última chance do primeiro tempo, tinha que ser com o grande nome dos 45 minutos iniciais. Após cruzamento, Mitrovic ganhou novamente pelo alto, mas dessa fez preferiu escorar para Tadic. O meia chegou na entrada da área e finalizou forte e a bola passou perto do travessão.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com Mitrovic atormentando a zaga da Suíça. Aos 5 minutos, o atacante novamente ganhou pelo alto, mas também não conseguiu mandar no gol.

No lance seguinte, veio o castigo. Após um contra-ataque rápido, Shaqiri arriscou, mas a bola foi nas costas do defensor. A bola ficou girando no chão e Xhaka aproveitou, mandou um chute com muito efeito e deixou o goleiro sérvio perdido. Um golaço do volante do Arsenal.

Leia também: Neymar desabafa após vitória suada contra Costa Rica: "Falar até papagaio fala"

Xhaka comemora gol da Suíça
FIFA/ Divulgação
Xhaka comemora gol da Suíça

Com o gol de empate, a Suíça se animou e a Sérvia ficou alguns minutos perdida em campo. Assim, Shaqiri quase aproveitou. Após jogada individual, o ponta quase perdeu a bola, mas finalizou girando, sem muito ângulo e, incrivelmente, a bola pegou um efeito e foi parar na junção entre a trave e o travessão. Ia ser mais um golaço da seleção suíça na partida.

A segunda oportunidade de virar a partida veio aos 28 minutos. Shaqiri deu um lindo passe para Gavranovic, que entrou na área sem marcação. No entanto, a finalização saiu na rede pelo lado de fora e o árbitro ainda marcou impedimento no lance.

Muito melhor na segunda etapa, Shaqiri recebeu grande lançamento de Xhaka, usou toda a velocidade para ganhar na corridado defensor e dar um toque para tirar do goleiro e virar a partida para a Suíça.

Leia também: Tite elogia segundo tempo do Brasil e pede calma a Neymar: "Precisa de tempo"

Com o resultado, o Brasil assumiu a liderança do Grupo E, com 4 pontos, assim como a Suíça, mas lidera no saldo de gols. A Sérvia se manteve com 3 pontos e a Costa Rica ainda não pontuou na Copa do Mundo. 

    Leia tudo sobre: Futebol