Tamanho do texto

Tite perdeu Danilo para o segundo jogo do Brasil no Mundial e colocará Fagner entre titulares; apesar de susto em treino, Neymar está confirmado

Neymar assustou após deixar treino da seleção brasileira com dores no tornozelo, mas vai para o jogo
André Mourão/MoWA Press - 17.6.18
Neymar assustou após deixar treino da seleção brasileira com dores no tornozelo, mas vai para o jogo

O decepcionante empate e as  polêmicas de arbitragem do jogo contra a Suíça ficaram no passado. É com essa mentalidade que a seleção brasileira entra em campo às 9h desta sexta-feira (21), no horário de Brasília, para encarar a equipe da Costa Rica, em São Petersburgo. Este será o terceiro encontro entre as duas seleções em Mundiais, e o que torcida verde-amarela espera é que o resultado final seja o mesmo dos duelos anteriores: vitória brasileira.

O técnico Tite assegurou nessa quinta-feira (21) que levaria a campo a mesma equipe da estreia contra a Suíça, mas ganhou um desfalque de última hora. O lateral direito Danilo sentiu lesão muscular e foi vetado para a partida.  Fagner assumirá a posição na equipe titular da seleção brasileira .

Tite reclamou que a seleção estava muito "ansiosa" na estreia e cobrou uma concentração maior dos jogadores, especialmente na hora de finalizar para o gol. Para o jogo contra a Costa Rica, o técnico adiantou que haveria alguns "ajustes de posicionamento", sem especificar quais seriam essas mudanças.

A segunda partida do Brasil na Copa representa uma nova chance para a equipe sair de campo com os três pontos e também uma nova oportunidade para Neymar brilhar. O camisa 10 foi alvo de críticas após ter desempenho pouco efetivo no empate contra a Suíça e assustou a torcida nesta semana após deixar o campo sentindo dores no tornozelo direito.

A equipe médica da seleção garantiu que Neymar está em boas condições físicas, e o técnico Tite corroborou a informação assegurando que o atacante "não irá para o sacrifício".

Pelo lado da Costa Rica, a derrota na estreia contra a Sérvia também faz dessa partida crucial para manter vivo o sonho de reviver a campanha de 2014, quando a seleção conseguiu avançar para as fases de mata-mata e só caiu nas quartas de final – de forma invicta.

"O fato de a seleção brasileira precisar da vitória tornará as coisas ainda mais desafiadoras para Los Ticos . Mas a Costa Rica tem como vantagem o fato de estarem acostumados a jogar contra as equipes favoritas", reportou o jornalista Diego Picado, que está acompanhando os costarriquenhos, ao site da Fifa.

Leia também: Goleiro falha feio, Croácia faz três golaços e complica a vida da Argentina

Ficha técnica de Brasil x Costa Rica (Grupo E)

Data: Sexta-feira, 22 de junho, às 9h (horário de Brasília)     
Local: Estádio de São Petersburgo 
Árbitro: Björn Kuipers (Holanda)     
Prováveis escalações:

Brasil  – Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus. Técnico: Tite. 

Costa Rica  – Keylor Navas, Calvo, Oscar Duarte, Acosta e Giancarlo González; Cristian Gamboa, Celso Borges, Guzman e Bryan Ruíz; Johan Venegas e Marco Urena. Técnico: Óscar Ramírez.

Segundo jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo será disputado em São Petersburgo
LUCAS FIGUEIREDO/CBF
Segundo jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo será disputado em São Petersburgo


    Leia tudo sobre: futebol