Tamanho do texto

Franceses venceram a equipe peruana por 1 a 0 nesta quinta-feira e se juntaram ao Uruguai e à Rússia no grupo de classificados para a próxima fase

Mbappé e Griezmann comemoram gol da seleção da França contra o Peru na Copa do Mundo
Divulgação/Fifa.com
Mbappé e Griezmann comemoram gol da seleção da França contra o Peru na Copa do Mundo

A seleção peruana aguardou 36 anos para voltar a jogar uma Copa do Mundo, mas a aventura dos sul-americanos em solo russo durará apenas três partidas. A equipe comandada pelo técnico Ricardo Gareca foi derrotada nesta quinta-feira (21) pela França, pelo placar de 1 a 0, e está eliminada do Mundial. O gol da partida, disputada na Arena de Ecaterimburgo diante de pouco mais de 32 mil torcedores, foi marcado por Mbappé.

Já a França , apontada como um dos principais candidatos ao título, assegurou a vaga para as oitavas de final da Copa do Mundo, juntando-se ao Uruguai e à Rússia como as únicas seleções já classificadas para a fase seguinte da competição.

Após uma vitória com pouco brilho na partida de estreia, os franceses foram a campo com três mudanças na equipe titular e prometiam um desempenho melhor nesse segundo desafio. Mas isso só foi visto na primeira etapa da partida, já que a seleção peruana se lançou ao ataque no segundo tempo para tentar evitar a eliminação. 

Paolo Guerrero, que foi poupado na partida de estreia devido ao desgaste físico, esteve em campo nos 90 minutos nesta quinta-feira, mas não foi capaz de evitar a derrota dos sul-americanos.

As duas seleções voltam a entrar em campo às 11h da manhã da próxima terça-feira (26). A França enfrenta a Dinamarca no Estádio Olímpico de Fisht, em Sóchi, enquanto o Peru se despede da Copa do Mundo contra a Austrália, em Moscou. Dinamarqueses e australianos vão para a rodada final em busca da segunda vaga do Grupo C. 

Leia também: Dinamarca e Austrália empatam jogo equilibrado e deixam o Grupo C aberto

O jogo

Mbappé aproveitou sobra de chute de Giroud e escorou com o gol aberto para marcar para a França
Divulgação/Fifa.com
Mbappé aproveitou sobra de chute de Giroud e escorou com o gol aberto para marcar para a França

A França se mostrou superior aos sul-americanos durante toda a primeira etapa da partida, embora o primeiro lance de perigo tenha sido a favor dos peruanos, aos 6 minutos, em chute de Yotún, que tentou surpreender do meio de campo, mas mandou por cima do gol defendido por Lloris.

Os franceses se defendiam com duas linhas de quatro jogadores, deixando Giroud e Griezmann mais adiantados para puxar contra-ataques em velocidade. A marcação bem acertada forçava o erro dos peruanos, que não conseguiam inventar saídas para superar a organização francesa.

A partir dos 10 minutos de jogo, os campeões mundiais de 1998 começaram a aproveitar de sua melhor qualidade técnica. Pogba arriscou de fora da área com muito perigo aos 11 minutos. Aos 15, Giroud ajeitou de cabeça para Griezmann, que bateu da entrada da área, mas Gallese defendeu bem.

Guerrero teve sua única chance da primeira etapa aos 30 minutos. O centroavante recebeu de Cueva dentro da área, ganhou da marcação e bateu de perna esquerda, mas não conseguiu tirar do goleiro Lloris, que defendeu com as pernas.

Mas o lance não foi suficiente para fazer os peruanos crescerem na partida. Aos 21, Pogba elevou para Mbappé dentro da área. O camisa 10 tentou escorar de calcanhar, mas não conseguiu tirar do goleiro Gallese. A jogada serviu como ensaio para o gol francês. No lance seguinte, Guerrero perdeu a bola para Pogba na entrada da área e o camisa 6 enfiou para Giroud. O arremate do atacante foi travado, mas a bola sobrou limpa para Mbappé apenas empurrar para o fundo do gol. 

Com o placar favorável, os franceses ainda conseguiram criar mais duas boas chances no primeiro tempo. Aos 39 minutos, os europeus puxaram contra-ataque em altíssiam velocidade com Pogba, Mbappé, Griezmann e Giroud, que foi impedido de concluir a gol no último instante devido a boa saída do goleiro Gallese. Já aos 41, Lucas Hernández recebeu dentro da área, mas parou no goleiro francês.

Leia também: Tite confirma que repetirá time da estreia, mas cobra "ajustes" na seleção

Peru vai ao ataque no segundo tempo

O técnico Ricardo Gareca decidiu colocar o experiente Farfán no lugar de Yotún para a segunda etapa. E os peruanos quase empataram já aos 5 minutos, após troca de passes que terminou em chute forte de Aquino, que explodiu na trave direita de Lloris. 

A jogada foi repetida aos 16 minutos, mas dessa vez a conclusão de Carrillo saiu por cima do gol francês. Aos 22, mais uma vez o Peru construiu a jogada pelo lado esquerdo e puxou para o meio, na entrada da área. Dessa vez a bola chegou até Advíncula do lado direito e o lateral bateu pelo alto.

Os peruanos precisavam ao menos do empate para seguirem vivos na competição, e quase alcançaram esse resultado aos 28 minutos. A equipe sul-americana recuperou a bola no ataque e ela chegou a Carrillo dentro da área. O jogador cruzou na segunda trave para Farfán, que se esticou todo para conseguir mandar a bola para o gol, mas ela bateu na rede pelo lado de fora. 

A principal chance da França na segunda etapa caiu nos pés de Dembélé, que havia entrado no lugar de Mbappé. O jogador do Barcelona recebeu na entrada da área, conseguiu limpar a marcação e bateu cruzado, mas mandou à esquerda da meta defendida por Gallese.

Guerrero voltou a ter uma chance de marcar aos 42 minutos, em cobrança de falta, mas Lloris defendeu com tranquilidade. O jogo foi até os 49 minutos, mas os peruanos não conseguiram encontrar caminhos para furar a defesa da França e acabaram dando adeus à Copa do Mundo.

Leia também: Pressionada após tropeço, Argentina enfrenta a Croácia em busca da reabilitação

Cueva e Guerrero lamentam gol marcado por Mbappé para a França
Divulgação/Fifa.com
Cueva e Guerrero lamentam gol marcado por Mbappé para a França


    Leia tudo sobre: futebol