Tamanho do texto

Camisa 10 fez fisioterapia pela manhã e depois foi a campo com os demais jogadores, onde trabalhou normalmente no CT da seleção em Sóchi

Neymar fez fisioterapia pela manhã e depois foi a campo com os demais jogadores da seleção brasileira
Divulgação/CBF
Neymar fez fisioterapia pela manhã e depois foi a campo com os demais jogadores da seleção brasileira

O atacante Neymar participou normalmente do treino da seleção brasileira com bola nesta quarta-feira (20), o dia após ter deixado o gramado mancando e reclamando de dores no tornozelo direito .

Neymar  fez sessão de fisioterapia pela manhã antes de ir ao campo do centro de treinamentos anexo ao resort onde a delegação brasileira está hospedada, em Sóchi, na Rússia, com os demais jogadores. 

O cuidado especial com o atleta e o susto do treino dessa terça-feira (19) decorrem, conforme garantiu a CBF, de pancadas sofridas pelo camisa 10 durante o empate em 1 a 1 contra a Suíça , a estreia da seleção na Copa do Mundo. Na ocasião, Neymar sofreu dez faltas, índice que o torna o jogador mais perseguido em uma única partida de Mundiais desde 1998.

A assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol assegura que as dores reclamadas pelo atacante se concentram apenas no tornozelo e não têm relação com a cirurgia realizada em março, no quinto metatarso do pé direito do jogador – que está em condições de entrar em campo na sexta-feira (22), contra Costa Rica. 

Tite e médico da seleção comentam situação de Neymar

"Neymar se queixou de dores no tornozelo em decorrência do número de faltas sofridas contra a Suíça. Como o treino [de ontem] era regenerativo para os titulares, ele foi encaminhado para a fisioterapia. Fica lá hoje e amanhã de manhã, treinando amanhã à tarde", disse o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, nessa terça-feira.

Antes da estreia do Brasil na Copa, o técnico Tite já havia falado sobre as condições físicas do camisa 10 da seleção. 

“O Neymar não está 100%, mas seus índices de sprint (corridas curtas) em velocidade máxima são impressionantes. Ele ainda não está na plenitude, mas deve estar... Tomara que logo. Ele está num processo evoluído dentro do que imaginávamos e suficiente para fazer um grande jogo", avaliou Tite na véspera do jogo contra a Suíça.

Leia também: Candidatas a 'musa da Copa' desafiam o ridículo para ser nova Larissa Riquelme