Tamanho do texto

Europeus estão invictos há 16 jogos e buscam vencer duas partidas seguidas pela primeira vez; australianos tentam se recuperar de derrota para a França

Goleiro da Dinamarca, Schmeichel viu Cueva perder pênalti na estreia; Jedinak marcou pela Austrália contra a França
Divulgação/Fifa.com
Goleiro da Dinamarca, Schmeichel viu Cueva perder pênalti na estreia; Jedinak marcou pela Austrália contra a França

As seleções de Dinamarca e Austrália fazem, às 9h desta quarta-feira (21), no horário de Brasília, uma partida vital para o destino das duas equipes nesta Copa do Mundo. Os  dinamarqueses venceram a seleção do Peru na estreia e buscam agora encaminhar a classificação para a fase seguinte do Mundial, enquanto os australianos lutam para se reabilitar no torneio.

A Austrália foi derrotada por 2 a 1 pela França na sua estreia na Copa do Mundo, em jogo que ficou marcado pela  primeira vez em que o assistente de arbitragem de vídeo (VAR) foi utilizado em um Mundial. Em caso de derrota para a Dinamarca na Arena de Samara, os australianos dependerão de uma improvável combinação para alcançar a segunda posição do Grupo C.

"Apesar da derrota, a Austrália ganhou confiança após a partida contra a França e sabe que a vitória é imprescindível contra a seleção da Dinamarca. Para isso, a equipe vai em busca do ataque e concentrada para capitalizar suas chances", relatou a jornalista Sarah Widera, que acompanha a equipe australiana.

Já os dinamarqueses ganharam confiança após vencerem a seleção do Peru na estreia e vão em busca de um feito inédito na história da seleção: vencer duas partidas seguidas em uma Copa do Mundo. Para isso, o time não contará com o meio-campista William Kvist, que quebrou duas costelas na partida contra a seleção peruana.

Apesar da ausência, a equipe europeia chega para o confronto contra a Austrália com um dado positivo ao seu favor: os dinamarqueses estão invictos há 16 jogos, tendo perdido pela última vez em outubro de 2016.

"Os dinamarqueses sabem que a vitória praticamente os garartirá na fase de mata-mata, e os australianos terão que batalhar para furar uma defesa que não sofre gols há cinco partidas. A ausência de Kvist trará do de cabeça para a equipe, que buscará recuperar o equilíbrio no meio de campo", reportou Svend Frandsen ao site oficial da Fifa. 

Leia também: Espanha sofre, mas brasileiro conta com a sorte, marca gol chorado e vence o Irã

Ficha técnica de Dinamarca x Austrália (Grupo C) 

Data: Quinta-feira, 21 de junho, às 9h (horário de Brasília)    
Local: Arena de Samara
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)    
Prováveis escalações:

Dinamarca – Schmeichel, Larsen, Christensen, Kjaer e Dalsgaard; Lasse Schone, Delaney, Eriksen e Sisto; Jorgensen e Yurary Poulsen. Técnico: Åge Hareide.

Austrália – Ryan, Behich, Milligan, Sainsbury e Josh Risdon; Mooy, Tom Rogic, Jedinak e Kruse; Tomi Juric, Mathew Leckie. Técnico: Bert van Marwijk.

    Leia tudo sobre: futebol