Tamanho do texto

Barbara Gerneza mostra os grafites feitos pelas ruas da Rússia, eles costumam homenagear grandes nomes do futebol mundial

A Copa do Mundo é uma época de festa para os brasileiros. Algumas vizinhanças têm a tradição de fazer pinturas nas ruas e preparar o ambiente para os jogos da seleção brasileira. São bandeirinhas penduradas nos postes, meios-fios verdes e amarelos, asfalto com desenhos da taça de campeão e caricaturas dos jogadores, tudo feito pelos moradores mesmo. 

Leia também: Veja como os torcedores estão se comportando pelas ruas da Rússia

Inclusive, uma foto que ficou famosa foi a do atual jogador da seleção brasileira, Gabriel Jesus, fazendo pinturas em sua rua para a Copa de 2014. Na época o atacante tinha apenas 17 anos, morava no Jardim Peri, em São Paulo, e nem imaginava que quatro anos depois vestiria a camisa nove da canarinha. 

Gabriel Jesus pintando sua rua no Jardim Peri para a Copa do Mundo de 2018
Reprodução
Gabriel Jesus pintando sua rua no Jardim Peri para a Copa do Mundo de 2018

Mas, e na Rússia? Será que o país que está sediando a Copa do Mundo de 2018 também teve suas ruas preparadas para o evento? Barbara Gerneza, correspondente do IG Esporte no país, mostra todos os detalhes. Assista! 

As artes feitas nas ruas da Rússia não são feitas pela população empolgada com a disputa, mas sim por artistas renomados. Uma explicação para isso é a falta de tradição da seleção no futebol. 

Em geral, as artes feitas em paredes de prédios representam grandes jogadores que fizeram ou fazem história. Símbolos universais do futebol e momentos marcantes também são representados. Um grafite com todas as bandeiras das seleções que jogarão a Copa está perto do maior estádio de Moscou, o Luzhniki. Outro, feito por um artista argentino, tem a temática do filme Vingadores, que na arte estão jogando futebol.

Leia também: "Eu estou em outro país", diz brasileira que mora na Rússia

Alguns dos jogadores homenageados são: Lev Yashin, goleiro da época da União Soviética; Pelé, craque brasileiro representado por um menino russo jogando com sua camisa; Garrincha, o anjo brasileiro de pernas tortas; Messi, jogador atual da Argentina; e Sergio Ramos, que joga pela Espanha.

Pintura em homenagem ao goleiro russo Lev Yashin que jogou na época da União Soviética
Reprodução Instagram
Pintura em homenagem ao goleiro russo Lev Yashin que jogou na época da União Soviética

Os momentos importantes da história das Copas representados são: a final de 1998 entre França e Brasil, onde a seleção francesa venceu o jogo por 3 a 0 e se consagrou campeã do mundo pela primeira vez; o gol de mão do Maradona, feito em 1986 contra a Inglaterra, que ficou conhecido como "As mãos de Deus"; e final de 2006, entre Itália e França, último jogo do Zidane, quando foi expulso após dar uma cabeçada em Marco Materazzi. A Itália chegou ao título nos pênaltis. 

Leia também: Os torcedores russos gostam de ter o brasileiro Mário Fernandes na seleção?

E aí, o que você achou das pinturas de rua da Rússia em homenagem à Copa? Conta para a gente nos comentários!


    Leia tudo sobre: Futebol