Tamanho do texto

Ingleses se reinventaram após serem eliminados na primeira fase do Mundial do Brasil sem vencer uma única partida; Tunísia está preparada para desafios

Anice Badri e Harry Kane são esperanças de gol nas seleções de Tunísia e Inglaterra, respectivamente
Divulgação/Fifa.com
Anice Badri e Harry Kane são esperanças de gol nas seleções de Tunísia e Inglaterra, respectivamente

A Copa do Mundo começa nesta segunda-feira (18) para as seleções de Tunísia e Inglaterra. As equipes se enfrentam às 15, no horário de Brasília, em jogo válido pelo Grupo G do Mundial , em Volgogrado.

Coincidentemente, as seleções de Tunísia e Inglaterra já foram adversárias em uma estreia de Copa do Mundo, há exatos 20 anos, no Mundial da França. A partida também era válida pelo Grupo G e terminou em vitória inglesa por 2 a 0. O atual técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, estava em campo naquela ocasião.

Pelo lado dos ingleses, o jogo de hoje representa o primeiro capítulo de uma história que pretende ser mais animadora que a da última Copa. Os ingleses caíram ainda na fase de grupos, e sem conseguir nem sequer uma única vitória em solo brasileiro. O último triunfo da Inglaterra em um Mundial ocorreu em 2010, contra a Eslovênia, na África do Sul.

O fracasso levou a equipe dos Three Lions se reinventar e apenas cinco jogadores que estiveram no Brasil foram chamados para a Copa da Rússia. 

"Um início positivo é muito importante para os ingleses, que se lembram de terem sido eliminados já na segunda partida na Copa do Mundo de 2014. O grupo de Southgate está focado, mas ao mesmo tempo, relaxado. O controle mental é a chave. A jovem equipe está confiante e, hoje, o único dilema para o técnico é qual a melhor escalação titular", reportou o jornalista Laure James ao site oficial da Fifa.

Já a Tunísia sabe que não é a favorita para o confronto, mas se preparou adequadamente para o jogo. Os norte-africanos disputaram amistosos difíceis contra Portugal e Espanha e, em ambas ocasiões, conseguiram dificultar para os europeus: empate por 2 a 2 com os portugueses e derrota apertada por 1 a 0 para os espanhóis.

"Todos os jogadores da equipe estão bem fisicamente, o que dá ao técnico boas ferramentas para trabalhar. O time está otimista e preparado para batalhar, com os jogadores confiantes sobre seus potenciais", reportou Tarek Kadri na véspera do jogo entre Tunísia e Inglaterra .

Leia também: Famosa 'ótima geração belga' tem hoje chance de brilhar contra estreante Panamá

Ficha técnica de Tunísia x Inglaterra (Grupo G)

Data: Segunda-feira, 18 de junho, às 15h (horário de Brasília) 
Local: Arena Volgogrado
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia) 
Prováveis escalações:

Tunísia  – Hassen, Yassine Meriah, Syam Ben Youssef, Dylan Bronn e Ali Maaloul; Ellyes Skhiri, Anice Badri e Sassi; Fakhreddine Ben Youssef, Wahbi Khazri e Naim Sliti. Técnico: Nabil Maaloul

Inglaterra  – Pickford,  Walker, Stones, Maguire e Trippier; Henderson, Dele Alli, Lingard e Ashley Young; Raheem Sterling e Harry Kane. Técnico: Gareth Southgate

Leia também: De A a H, confira a análise de todos os grupos da Copa do Mundo na Rússia

    Leia tudo sobre: futebol