Tamanho do texto

Organizadora do Mundial achou boa a arbitragem do mexicano César Ramos e considerou normais o lance do gol suíço e suposto pênalti em Gabriel Jesus

Gabriel Jesus no lance em que a seleção brasileira reclamou de pênalti; para Fifa, lance foi normal
André Mourão/MoWA Press - 17.6.18
Gabriel Jesus no lance em que a seleção brasileira reclamou de pênalti; para Fifa, lance foi normal

A seleção decepcionou os torcedores brasileiros em sua estreia na Copa do Mundo Fifa 2018, nesse domingo (17), com o empate em 1 a 1 contra a Suíça . Mas muitos acharam que a culpa pelo mau resultado não foi apenas da equipe comandada por Tite, mas também da arbitragem.

No lance que resultou no gol de empate suíço, os brasileiros reclamaram que Miranda foi empurrado antes do cabeceio do meio-campista Zuber. O próprio  zagueiro brasileiro reclamou dessa irregularidade, e Tite concordou que a infração foi "muito clara" . Mas a Fifa não entendeu que foi bem assim.

De acordo com reportagem da TV Globo , o trio de arbitragem que comandou o jogo na Arena Rostov contou com a ajuda "silenciosa" do árbitro de vídeo (VAR) para verificar se houve ou não irregularidade no lance do gol suíço. A equipe responsável pelo VAR, comandada pelo italiano Paolo Valeri, avaliou que não havia a necessidade de revisar o lance.

Pênalti em Jesus?

Outro lance reclamado pelos brasileiros foi uma disputa entre Gabriel Jesus e o zagueiro Akanji dentro da área. O camisa 9 da seleção recebeu de costas para o gol e conseguiu girar, mas caiu antes do arremate após se enroscar com o defensor.

Na saída da Arena Rostov, Jesus evitou polemizar a respeito do lance, mas disse que não haveria razão para ele se jogar quando havia a possibilidade de chutar para o gol. Tite, na entrevista coletiva concedida após o empate, avaliou que o lance era, "no mínimo, para interpretação".

Já a entidade máxima do futebol entendeu que não houve equívoco. Os especialistas da organizadora do Mundial lançaram mão de um replay em super câmera lenta para determinar que o atacante brasileiro começa a cair no momento em que o zagueiro Akanji já estava abrindo os braços.

A Fifa , conforme reportou a TV Globo, avaliou de maneira positiva a arbitragem do mexicano César Ramos e de seus auxiliares na estreia da seleção brasileira. A entidade apenas considerou um erro o lance da suposta falta em Miranda ter sido reexibido em plenos telões da Arena Rostov, o que contraria as orientações. 

Leia também: Confira os melhores memes da estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo

    Leia tudo sobre: futebol