Tamanho do texto

Sul-coreanos tentam repetir feito de 2002 e avançar no Mundial; sem Ibrahimovic, suecos focaram no ataque nos últimos treinos e buscam vitória

Forsberg e Son são os destaques das seleções de Suécia e Coreia do Sul na Copa do Mundo
Divulgação/Fifa.com
Forsberg e Son são os destaques das seleções de Suécia e Coreia do Sul na Copa do Mundo

A Copa do Mundo 2018 começa às 9h dessa segunda-feira (18), no horário de Brasília, para as seleções de Suécia e Coreia do Sul. As equipes se enfrentam na cidade de Nizhny Novgorod em jogo válido pelo Grupo F, o mesmo pelo qual o México bateu a Alemanha por 1 a 0 nesse domingo (17) .

Espera-se uma invasão de cerca de 30 mil torcedores suecos para o jogo entre Suécia e Coreia do Sul , mas a seleção asiática garante que essa pressão não fará diferença em campo. "Nossos atletas têm muita experiência em grandes estádios ao redor do mundo. Mesmo sabendo que haverá maioria sueca, estaremos com a mente nos torcedores coreanos nos apoiando", disse o técnico Shin Taeyong.

Os sul-coreanos chegam à Rússia com o sonho de repetir o feito de 2002, quando a Coreia do Sul conseguiu uma incrível campanha jogando em casa. Naquela ocasião, a seleção chegou até as semifinais do torneio, sendo eliminada pela Alemanha – que será mais uma vez a adversária dos asiáticos nesta Copa, na última rodada da primeira fase.

Pelo lado sueco, a expectativa é alta para a equipe que deixou de depender do astro Zlatan Ibrahimovic. Esta será também a primeira vez em que a Suécia vai a um Mundial sem nenhum jogador que atua na liga nacional doméstica.

A expectativa dos europeus para essa estreia é de desempenhar um papel melhor do que nos últimos dois torneios disputados pelos suecos, as Eurocopas de 2012 e de 2016. Em ambas ocasiões a seleção deixou o campo sem a vitória. "Trabalhamos muito com psicólogos e aprendemos o que importa para nós. Isso nos faz fortes para o jogo. Sentimos que temos confiança nesse grupo e isso nos faz mais preparados do que estávamos em outras competições", avaliou o capitão da equipe, o zagueiro Granqvist.

O técnico sueco, Jan Andersson, afirmou que sua seleção deve buscar o ataque na estreia de Suécia e Coreia do Sul . "Nos dedicamos um pouco mais em nosso ataque nos últimos dias e eu espero que isso funcionará na estreia e que a gente possa marcar gols", disse.

Leia também: De A a H, confira a análise de todos os grupos da Copa do Mundo na Rússia

Ficha técnica de Suécia x Coreia do Sul (Grupo F)

Data: Segunda-feira, 18 de junho, às 9h (horário de Brasília) 
Local: Estádio de Nizhny Novgorod
Árbitro: Joel Aguilar (Argentina) 
Prováveis escalações:

Suécia – Olsen, Lustig, Granqvist, Lindelof e Augustinsson; Claesson, Larsson, Ekdal e Forsberg; Berg e Toivonen. Técnico: Jan Andersson

Coreia do Sul – Kim Seunggyu; Lee Yong, Kim Younggwon, Jang Hyunsoo, Park Jooho; Ki Sungyueng, Jung Wooyoung; Hwang Heechan, Lee Jaesung, Son Heungmin; Kim Shinwook. Técnico: Shin Taeyong

Leia também: Com golaço de falta, Sérvia vence Costa Rica pelo grupo do Brasil

    Leia tudo sobre: futebol