Tamanho do texto

Comandada por Neymar, seleção brasileira enfrenta a sexta colocada no ranking da Fifa, às 15h; "O Brasil não terá vida fácil", promete goleiro suíço

Neymar é principal arma da seleção brasileira para a Copa do Mundo; Brasil e Suíça se enfrentam nesse domingo (17)
Divulgação/Fifa.com
Neymar é principal arma da seleção brasileira para a Copa do Mundo; Brasil e Suíça se enfrentam nesse domingo (17)

A seleção brasileira começa neste domingo (17) a busca pelo hexacampeonato mundial. Os comandados pelo técnico Tite entram em campo às 15h, no horário de Brasília, para o confronto entre as seleções de Brasil e Suíça pelo Grupo E da Copa do Mundo, em Rostov, na Rússia.

O jogo entre Brasil e Suíça marcará o  início da trajetória brasileira em busca da redenção no cenário mundial após o vexame dos 7 a 1 sofridos em casa no Mundial de 2014. Para isso, a equipe aposta nessa estreia no quarteto ofensivo formado por Philippe Coutinho, Willian, Neymar e Gabriel Jesus.

Neymar chega mais uma vez ao Mundial como a principal esperança brasileira, muito embora não esteja em sua melhor condição física uma vez que passou mais de três meses longe dos gramados devido a uma cirurgia no pé direito. O próprio técnico Tite reconheceu nesse sábado (15) que o camisa 10 da seleção "não está 100%" , mas disse esperar que a sua condição física seja "o suficiente para que ele faça um grande jogo".

Tite escolheu o lateral Marcelo para ser o capitão da seleção brasileira na estreia da Copa do Mundo
Pedro Martins/MoWA Press - 16.6.18
Tite escolheu o lateral Marcelo para ser o capitão da seleção brasileira na estreia da Copa do Mundo

Para furar a esperada sólida defesa suíça, o técnico Tite vem testando desde o fim de maio a equipe com uma formação mais ofensiva, com Willian no lugar do até então titular Renato Augusto. Com a entrada do jogador do Chelsea no time, Coutinho foi recuado para o meio de campo e Paulinho passou a desempenhar uma função um pouco mais defensiva , conforme ele mesmo reconheceu em entrevista coletiva concedida na última semana.

Do lado suíço, a equipe dirigida pelo técnico Vladimir Petkovic reconhece o favoritismo brasileiro, mas conhece seu potencial e fará de tudo para dificultar a vida dos pentacampeões mundiais. A Suíça ocupa a sexta posição no ranking de seleções da Fifa e confia no capitão Lichtsteiner para impedir os avanços de Neymar pelo lado direito de sua defesa. "Sempre jogamos bem contra grandes equipes", disse o lateral Ricardo Rodriguez ao site da Fifa.

"Se estivermos focados e com autoconfiança suficiente, o Brasil não encontrará um caminho fácil. Estamos realmente focados em jogar bem e queremos algo mais nessa partida", declarou o goleiro Sommer.

Brasil e Suíça estão no Grupo E da Copa do Mundo, que terá também nesse domingo o confronto entre Costa Rica e Sérvia, às 9h da manhã .

Ficha técnica de Brasil x Suíça (Grupo E)

Data: Domingo, 17 de junho, às 15h (horário de Brasília)
Local: Arena Rostov
Árbitro: Cesar Ramos (México)
Prováveis escalações:

Brasil  – Alisson, Danilo, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho, Willian, Neymar e Gabriel Jesus. Técnico: Tite

Suíça  – Sommer, Lichtsteiner, Schaer, Akanji e Rodriguez; Behrami, Xhaka, Shaqiri, Dzemaili e Zuber; Seferovic. Técnico: Vladimir Petkovic

Leia também: Atual campeã, Alemanha inicia defesa do título diante do instável México

Arena Rostov já está preparada para o jogo entre Brasil e Suíça neste domingo (17)
Divulgação/Fifa.com
Arena Rostov já está preparada para o jogo entre Brasil e Suíça neste domingo (17)



    Leia tudo sobre: futebol