Tamanho do texto

Portugal e Espanha cumpriram o esperado e fizeram um jogo que teve de tudo. No final, Cristiano Ronaldo marcou gol de falta e empatou em 3 a 3

Espanha e Portugal fizeram o jogo mais equilibrado e um dos mais esperados da fase de grupos da Copa do Mundo . Liderados por Cristiano Ronaldo , o time luso chegou a ficar a frente do placar em duas oportunidades, mas sofreu a virada na segunda etapa e não teve forças para reagir.

Leia também: Irã supera Marrocos por 1 a 0 com gol contra aos 49 minutos do segundo tempo

Cristiano Ronaldo, de Portugal
FIFA/ Divulgação
Cristiano Ronaldo, de Portugal

Logo aos dois minutos, Cristiano Ronaldo sofreu pênalti e cobrou bem para abrir o placar. Diego Costa empatou depois de uma grande jogada invividial. CR7 voltou a colocar Portugal na frente do placar após uma falha incrível de De Gea. O brasileiro da Espanha mostrou oportunismo para voltar a empatar a partida. A virada espanhola veio após um lindo chute de fora da área de Nacho. No entanto, o capitão português voltou a empatar a partida com uma belíssima cobrança de falta.

O jogo

O jogo não poderia ter começado melhor para Portugal. Logo no primeiro minuto de partida, Cristiano Ronaldo recebeu pelo lado esquerdo, pedalou para cima de Nacho e foi derrubado pelo zagueiro ao entrar na área. Pênalti em cima do craque luso. Na cobrança, o próprio CR7 foi para a bola, chutou no canto oposto de De Gea e abriu o placar. Curioso é que o defensor marca o gajo desde 2011 nos treinamentos do Real Madrid, já que é reserva do clube e o camisa 7 é titular da equipe. 

A resposta da espanha veio aos 9 minutos. Alba lançou Diego Costa, que dominou e a bola sobrou para Isco. O meia chegou finalizando, mas não conseguiu acertar o alvo e mandou para fora.

Diego Costa fez dois gols contra Portugal pela Espanha
FIFA/ Divulgação
Diego Costa fez dois gols contra Portugal pela Espanha

Na sequência, dois bons contra-ataques de Portugal. O primeiro foi aos 17 minutos: Cristiano Ronaldo avançou em velocidade e tocou para Gonçalo Guedes. O meia poderia ter devolvido para o camisa 7, mas acabou perdendo a posse. Aos 21, foi a vez de CR7 recebeu grande lançamento e deixou Bruno Fernandes de frente para o gol, mas o meia se atrapalhou e acabou sendo desarmado.

Depois de perder duas chances, a Espanha começou a trocar passes perto da área portuguesa, mas o gol de empate saiu após um chutão e uma grande jogada individual. Diego Costa ganhou de Pepe no alto, balançou na frente de dois marcadores e, após deixar ambos tontos, achou espaço para finalizar cruzado e marcar um lindo gol.

A Espanha cresceu na partida e quase ampliou o placar aos 26 minutos. Isco aproveitou rebote na entrada da área e mandou uma bomba. A bola bateu no travessão e quicou na linha de De Gea. Na sequência, Alba domina na frende do gol, mas em posição irregular. Os espanhóis reclamaram muito com o árbitro, pedindo o uso do VAR, mas o juiz avisou os jogadores que se a bola ultrapassasse a linha, o relógio o avisaria.

Leia também: Uruguai martela, marca aos 44' do 2º tempo e vence o Egito, que não teve Salah

Aos 34, foi a vez de Iniesta ter a sua primeira boa chance. O meia recebeu um cruzamento rasteiro e finalizou de primeira perto da marca do pênalti, mas a bola passou raspando a trave de Rui Patrício.

Mesmo pressionando e chegando muito mais perto de marcar o segundo gol, a Espanha não conseguiu concluir as suas chances em gol e acabou sofrendo pela falta de pontaria. Aos 43 minutos, Cristiano Ronaldo recebeu na entrada da área e cutou rasteiro no meio do gol. Mesmo forte, a finalização parecia tranquila para De Gea, mas o goleiro foi tentar segurar e acabou deixando a bola escapar para dentro da própria meta. Uma falha terrível de um dos melhores arqueiros do mundo.

Na volta do intervalo, Portugal se posicionava com todos os jogadores no campo de defesa. Mesmo assim, a Espanha começou o segundo tempo indo para cima e buscando a virada. A atitude deu resultado muito rápido.

Aos 9 minutos, Busquets ganhou a bola pelo alto e mandou para o meio da pequena área. Diego Costa estava bem posicionado como um grande centroavante e apenas escorou para o fundo das redes. 

Três minutos depois, a zaga de Portugal tentou afastar o perigo de dentro da área, mas a bola pegou em um companheiro e sobrou para Nacho perto da meia lua. O zagueiro-lateral pegou na veia, a bola bateu nas duas traves e morreu no fundo da rede adversária. Um golaço para virar o placar para a Espanha.

Nacho chuta para fazer o terceiro da Espanha sobre Portugal
Reprodução
Nacho chuta para fazer o terceiro da Espanha sobre Portugal

Com a vantagem no placar, a Espanha começou a dominar a posse de bola e controlar a partida, limitando os ataques de Portugal, mas sem criar nenhuma grande chance.

Com o bom sistema defensivo espanhol após a virada, a única chance dos portugueses veio na bola parada. Cristiano Ronaldo recebeu na entrada da área e sofreu falta aos 43 minutos. Na cobrança, o gajo colocou a bola com perfeição no ângulo de De Gea e saiu comemorando o empate e seu hat-trick na partida.

Leia também: Cristiano Ronaldo  firma acordo e vai pagar R$ 81,1 milhões ao fisco espanhol

Com o resultado, as duas equipes ficam empatados com um ponto no Grupo B. O líder é o Irã, que derrotou o Marrocos por 1 a 0. Os marroquinos estão na lanterna do grupo. Na próxima rodada, Portugal encara Marrocos e Espanha enfrenta o Irã. Ambos os jogos acontecem na próxima quarta-feira.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.